Notícias › Ti...Ti...Ti

Ti...ti...ti... 25/08/2017

25/08/2017 14:45

Editorial
A crise moral e o apagão da mão de obra local

Muitas vezes não paramos para pensar no reflexo e nas consequências que certas ações geram em nosso meio. Não é de hoje que somos inundados por uma vastidão de notícias sobre corrupção e malandragem de todos os moldes.
Todo o dia no noticiário uma notícia parece se repetir, a polícia está realizando uma operação especial para combater a corrupção em alguma área.
Assistimos diariamente a luta entre grupos políticos disputando espaço para ver quem consegue se apoderar de mais áreas e cargos no governo para poder saquear os cofres públicos. É degradante observar o grupo de Temer se agarrando com unhas e dentes ao poder, fazendo qualquer negócio para sobreviver, enquanto que do outro lado se observa o relator do Projeto da Reforma Política, deputado do PT, que na prática seria adversário agora do PMDB, defendendo um constrangedor fundo partidário bilionário para financiar as campanhas políticas, com orçamento superior a muitas áreas indispensáveis para o desenvolvimento do país, e ainda propondo que o pagamento deste fundo é inegociável, ou seja, o governo deve pagá-lo, tenha ele ou não dinheiro, sem falar das demais aberrações defendidas no projeto.
É tanta falta de decência e de coerência, que faria qualquer norueguês corar só de imaginar tamanha sacanagem. Mas por aqui, no mundo tupiniquim, vale tudo. E isso tem gerado seus efeitos que vão muito além da política e se introduzem no nosso dia a dia.
Não são poucos os empreendimentos e as artimanhas criadas para driblar o fisco, fraudar, lesar tanto consumidores da área privada como o setor público. E quando se trata de trabalho a coisa fica ainda pior, cada vez mais as pessoas estão se interessando menos pelos estudos, por adquirir qualificação e conhecimento e principalmente por trabalhar e prosperar através do trabalho digno. Isso parece inclusive não ter mais nem lógica. Afinal, às vezes parece que quem trabalha sofre e os malandros é que recebem as boas oportunidades, afinal tem QI (Quem indica).
    É um problema que tem uma origem bem mais profunda, é o efeito do mau exemplo. Mau exemplo que não vem só da classe política, porque malandragem às vezes parece estar no DNA. Basta avaliar o caso do pai e da mãe que se envolvem em uma campanha política, brigam, fazem barraco, se expõem para demostrar apoio a um candidato e para posteriormente depois de eleito, cobrar deste um emprego para o filho que não estuda e muito menos tem vontade de trabalhar. Parece algo banal, mas na verdade mora neste tipo de terreno o nosso atraso em vários sentidos, já que muitas famílias deixam de preparar os filhos para o mercado de trabalho e passam a apoiar a sua inserção no mercado da malandragem.

Uma boa leitura!
Carla Pompermaier Zanotelli   

 

Ti...ti...ti...

A Reforma Política é o mais novo golpe dos políticos contra o povo brasileiro. Ao invés de pensar em realizar campanhas mais baratas e reduzir os gastos, melhorar o sistema de controle e fiscalização do que se faz nas campanhas eleitorais, eles pensam em extorquir os cofres públicos, sugar recursos, driblar a fiscalização e criar artifícios para burlar qualquer regra justa que se imponha. É de arrepiar ouvir as argumentações dos que defendem tal reforma.

No rol dos piores do Brasil, lidera a lista o ministro do STF Gilmar Mendes que não demostra pudor algum ao defender os malandros de sua quadrilha. E quem poderá algo contra o poderoso ministro, que absolve por excesso de provas e manda soltar para dar mais conforto aos condenados?

E os deputados federais que resolveram retirar o percentual de 0,5% do orçamento para o “Fundo Público Eleitoral” depois de perceberem a negativa da população em saber que mais de R$ 3 bilhões seriam destinados aos partidos para custear campanhas.

Só que agora, os deputados pretendem votar essa proposta sem definir os percentuais. Ou seja, eles querem um “cheque em branco” para ser destinado aos partidos que, obviamente, investirão os valores (que podem ser até maiores que R$ 3 bilhões) nos mesmos candidatos que o brasileiro já está cansado de ver.

Ministro do Planejamento Dyogo de Oliveira tenta justificar a possível diminuição do salário mínimo de R$ 979 para R$ 969. Conforme ele, isso ocorre devido à nova projeção da inflação que impactará negativamente no reajuste do salário.

Em Bento Gonçalves, durante audiência pública sobre a Rota do Pão e do Vinho, o ex-prefeito de Anta Gorda, Vanderlei Moresco implorou para o projeto de pavimentação não ficar novamente engavetado.

Deputados presentes na audiência até prometeram apoio ao roteiro turístico, mas ninguém garantiu verba alguma. Para a pavimentação ser feita, será necessário R$ 79 milhões.

O prefeito Rogerio Fachinetto vai estar em Brasília de 28 a 31 de agosto encaminhando projetos para a captação de recursos federais.

 Após passar em um concurso da Corsan, Angela Pertile deixará a Secretaria de Educação, Cultura, Desporto e Turismo. Ela continuará como secretária até o dia 04 de setembro.

A vice-prefeita Elisabete Musselin, a “Beti”, pediu para os vereadores se sensibilizarem e aprovarem os projetos para contratação de funcionários. Ela até convidou os vereadores para irem na Secretaria da Saúde e ver a situação sem esses profissionais.

Já no primeiro dia de negócios, a Agrotecno Marin garantiu o sucesso da feira, com uma significativa participação de clientes e muitas promoções. Uma das atrações que mais chamou a atenção foi o orquidário com mais de 100 espécies de orquídea.

As novas instalações da EZ Chapeação e Pintura oferecem mais conforto ao cliente com a qualidade que já tem há anos.  A oficina agora está localizada na ERS332, km 61, vale a pena visitar!

Na próxima semana, a Quinta do Vale, de Doutor Ricardo, inicia as atividades do Centro de Distribuição em Teutônia com a capacidade de estocagem de 900 toneladas. Também está finalizada a obra da unidade de queijo ralado com capacidade de produção de 200 toneladas por mês.

Em Anta Gorda, a Floricultura Belle Fiori, de Rose Dametto, completa 12 anos de existência em agosto. A empresa trabalha com venda de flores, ornamentações e ajardinamento, proporcionando alegrias e surpresas para a população.

A Polícia Civil de Vila Maria tem pistas sobre os autores dos assaltos registrados no interior de Camargo.

A prefeita de Camargo, Eliani Mesacasa Trentin, e a vereadora Silvia Domeneghini irão para Brasília no fim do mês, com projetos prioritários para atrair recursos.
 
Presidente da Câmara de Vereadores de Camargo, Leonardo Guadagnin se mostra bastante engajado com a comunidade e sempre disposto a discutir ideias e esclarecer projetos.

Camargo vai estar recebendo um novo escritório de Engenharia, que oferecerá projetos na área de engenharia civil, meio ambiente, arquitetura, topografia e segurança do trabalho. Os jovens Jonas Guerra e Enrique Lodi estarão empreendendo. O escritório estará localizado na Avenida Brasil, 715.  A inauguração deverá ocorrer no início de setembro.    

Entidades estudam mudanças para financiar a segurança privada nas ruas de Nova Alvorada. A ideia é ter maior participação das residências para manter a equipe que trabalha na vigilância.

Renata Morlin Fotografia está comemorando o aniversário de nove anos do estúdio em Nova Alvorada.  Registrando   momentos especiais e conquistando toda a região com seu trabalho. Parabéns.  

 

Confira a reportagem completa na versão impressa do jornal. Assine e receba em casa. (51) 3772 1561.

Fonte: Eco Regional
COMPARTILHAR
receba nossas novidades por e-mail!