Notícias › Arvorezinha

Família luta pela vida de Miriam Emanuelli

12/01/2018 11:17

Criança de um ano e sete meses nasceu com problemas no coração e dificuldade de circulação do sangue

Miriam Emanuelli Lourenço de Lima passou mais dias no hospital do que na própria residência. O seu histórico médico parece de adulto, com quatro procedimentos cirúrgicos realizados no curto período de um ano e sete meses de vida. Detalhe: ela já está na fila para outras duas cirurgias.
A jovem moradora da Linha São José nasceu com problemas no coração que impossibilitam a circulação correta do sangue. Essa doença deixa sequelas. Até para os médicos, é uma dúvida se Miriam conseguirá andar ou se comunicar normalmente.
Mesmo com todas as dificuldades, a família classifica o nascimento de Mirim como um presente divido. “Dizem que Deus dá filhos especiais para mães especiais. Ela é nosso anjo”, acredita a mãe Gislaine Lourenço.
Conforme ela, as complicações em bombear o sangue foram identificadas ainda quando Miriam estava no ventre. “Estava com quatro meses de gestação e os exames não indicavam a gravidez porque o coração dela batia muito fraco”, relembra.
Emocionada, Gislaine rememora momentos de tensão vividos dentro dos hospitais por onde passou, quando imaginava que iria perder a filha para a doença. “Eu sempre briguei para que haja um bom atendimento. Prefiro ficar com fama de encrenqueira do que ver minha filha no cemitério”, defende.
 

Confira a matéria completa na versão impressa

Fonte: Eco Regional
COMPARTILHAR
receba nossas novidades por e-mail!