Alto custo na produção do setor de proteína animal traz riscos para a economia do RS

51

O alto custo na produção para o setor de proteína animal foi pauta de reuniões nesta sexta-feira (14) no Palácio Piratini, com o governador Eduardo Leite, o vice Ranolfo Vieira Júnior e o chefe da Casa Civil Artur Lemos Júnior. Os encontros foram liderados pelo secretário de Desenvolvimento Econômico do Estado, Edson Brum, que está preocupado com o risco da inviabilização da agroindústria do segmento e, consequentemente, acarretar prejuízos para a economia gaúcha.

O segmento foi representado pelo presidente da Cooperativa Dália/Cosuel, Gilberto Antônio Piccinini, e o gerente de vendas da Divisão Lácteos da Cooperativa Languiru, Jaime Rückert. Eles relataram as dificuldades dos produtores com os preços elevados do milho e da soja, usados como insumo na fabricação de ração para animais, e solicitaram auxílio do Estado para que sejam encontradas alternativas que possibilitem a continuidade das atividades.

Na semana passada, o secretário Edson Brum já havia tratado sobre o assunto em reunião virtual com representantes da CIC do Vale do Taquari, produtores de proteína animal, representantes de entidades, prefeitos e vereadores da região. Uma das sugestões de Brum é que sejam desenvolvidas ações mais efetivas do governo federal a respeito do assunto.

Deixe uma resposta

Digite seu comentário
Por favor, informe seu nome