InícioDestaqueAmpliação da área irrigada no Estado é limitada por impasse

Ampliação da área irrigada no Estado é limitada por impasse

Mesmo com o aumento de verbas no Plano Safra para financiar a irrigação, a procura dos produtores gaúchos tem sido pequena, diferente do que ocorre em outras regiões do país.

O programa Proirriga (antigo Moderinfra) destinou R$ 1,35 bilhão para aplicações no segmento, com taxa de juros de 7,5% ao ano e prazo de dez anos para pagar, porém, segundo a Farsul, os investimentos não deslancham em razão da “insegurança jurídica”. O presidente da Farsul, Gedeão Pereira, salienta que potenciais irrigantes nem estão buscando licenciar projetos em regiões como a Metade Sul. “Os produtores sequer apresentam seus projetos em razão de entraves jurídicos”, aponta. Conforme Pereira, uma decisão judicial determina que para irrigar na Metade Sul o produtor deve averbar seus 20% de reserva legal (área do imóvel rural que deve ser coberta por vegetação natural).

Para as empresas do ramo, no entanto, o cenário nacional é animador. A procura por este tipo de tecnologia dobrou nos últimos dois anos, em especial pelo reflexo da estiagem em diversas regiões do país e os impactos nas lavouras de soja e milho. Nas regiões onde o licenciamento dos projetos ocorre sem problemas, a busca pela tecnologia vem se expandindo.

Deixe uma resposta

Digite seu comentário
Por favor, informe seu nome

SIGA-NOS

42,064FãsCurtir
11,807SeguidoresSeguir
1,140InscritosInscrever

ÚLTIMAS

error: Alerta: Conteúdo protegido contra cópia. Utilize nossos botões de compartilhar.