InícioDestaqueCasos transmissão da doença ‘mão-pé-boca’ são registrados em Ilópolis

Casos transmissão da doença ‘mão-pé-boca’ são registrados em Ilópolis

Chama a atenção em todo o Vale do Taquari o contágio de crianças que frequentam a Educação Infantil pela doença conhecida como ‘mão-pé-boca’. São várias cidades que estão registrando casos.

Ela é transmitida pelo CoxSackievirus, e provoca lesões nas mãos, pés e boca, os pais devem ficar atentos e em ao observarem qualquer sintoma, em especial febre, já devem deixar a criança isolada para evitar propagação do vírus.

de acordo com especialistas não há tratamento especifico para essa doença. Segundo Cintia o tratamento é feito com medicação sintomática. Como a maioria das viroses ela é autolimitada e passa em alguns dias. Deve ser feito repouso, oferecidos líquidos e alimentação conforme a aceitação.

Casos em Ilópolis

Na EMEI Criança Feliz de Ilópolis, seis alunos de uma única turma estão com apresentam sintomas da doença. “Temos seis alunos, quatro confirmados, um está afastado há 15 dias por gripe, e um em observação, pois começou com febre na quarta-feira, 25”, afirma a secretária de Educação Sandra Faion Forti.

E salienta. “Então de um grupo de seis alunos todos da mesma turma temos quatro confirmados, nas demais turmas nenhuma alteração ou suspeita.

Principais sintomas

-febre alta nos dias que antecedem o surgimento das lesões;

-surgimento de manchas vermelhas com vesículas branco-acinzentadas na boca, amígdalas e faringe;

-erupção de pequenas bolhas em geral nas palmas das mãos e nas plantas dos pés, mas que pode ocorrer também nas nádegas e na região genital;

-mal-estar, falta de apetite, vômitos e diarreia;

-dificuldade para engolir e muita salivação por causa da dor.

Transmissão da doença

O período de transmissão da doença pode anteceder o aparecimento das lesões. Algumas crianças, antes de apresentarem sintomas, já podem transmitir.

De acordo com o Ministério da Saúde, a doença mão-pé-boca é comum na infância, com poucos casos registrados em adultos. A transmissão se dá pela via fecal/oral, através do contato direto entre as pessoas ou com as fezes, saliva e outras secreções, ou então através de alimentos e de objetos contaminados.

Deixe uma resposta

Digite seu comentário
Por favor, informe seu nome

SIGA-NOS

42,064FãsCurtir
11,807SeguidoresSeguir
1,140InscritosInscrever

ÚLTIMAS

error: Alerta: Conteúdo protegido contra cópia. Utilize nossos botões de compartilhar.