InícioDestaqueComitê de Entidades discute plano de concessão de rodovias RS

Comitê de Entidades discute plano de concessão de rodovias RS

A reunião antecede a audiência pública marcada para quarta-feira, dia 14 de julho.

O grupo formado por oito (8) entidades de maior representação no Vale do Taquari voltou a se reunir, dessa vez, para tratar da concessão de rodovias. O encontro foi realizado na noite de segunda-feira (12) de forma virtual. A Câmara da Indústria, Comércio e Serviços do Vale do Taquari é a favor do modelo de menor preço da tarifa e por tanto, contra a outorga, pois inviabiliza a competição.

O presidente do Codevat, Luciano Moresco, deu detalhes de como vai funcionar a audiência pública nesta quarta-feira, às 14 horas, onde as comunidades envolvidas vão dispor de uma (1) hora para fazer os apontamentos. Só na região são 30 municípios que vão ser impactados pelo plano de concessão. Moresco questionou o tempo curto para discussão do plano e defendeu a implantação do sistema automatizado. “Se nós já tivéssemos a possibilidade de implantar o free flow (fluxo livre) essa discussão de onde vai ser localizada a praça já não existiria. ”

O presidente da Amvat, Paulo Cezar Kohlrausch destacou que a entidade tem realizado encontros para se certificar das ações do governo, mas ressaltou a importância da unidade de ação. “ A Associação é parceira para lutar pelo interesse regional em conjunto. Nós enquanto Amvat não temos dúvida de ficarmos junto com o Codevat, CIC VT para construímos um ou dois pontos em comum e a revisão ou extinção da outorga deve ser levada em conta. O restante é mais fácil de resolver. ”

Já o presidente da Avat, Diego Pretto frisou que O corpo de vereadores está atento a discussão do projeto e fez uma série de questionamentos. “ Nos preocupa as obras de arte, vamos dividir o vale inteiro, e as pessoas para cruzar comunidades terão de pagar pedágio. Queremos uma solução justa e que tenha viabilidade para a região, afinal vão ser 30 anos de concessão. ”

O presidente da CIC VT, Ivandro Rosa defendeu também a ampliação do prazo de discussão, mas afirmou que é necessária mobilização das entidades. “ Precisamos ser estratégicos para analisar as propostas e rápidos na toma de decisões. Vamos nos programar para que cada um aborde um tema na audiência pública, para não sermos repetitivos e depois analisaremos o que foi apresentado. ”

Saiba mais sobre o Comitê de Entidades

É formado por empresários de diferentes setores como das Cooperativas Dalia e Languiru e representantes de classe da Associação dos Municípios de Turismo da Região dos Vales (Amturvales), Associação dos Municípios do Vale do Taquari (Amvat), Conselho de Desenvolvimento do Vale do Taquari (Codevat), da 16ª Coordenadoria Regional de Saúde, Sebrae, Federasul, Associação de Vereadores do Vale do Taquari e Câmara da Indústria e Comércio e Serviços do Vale do Taquari. Foi criado em março de 2020 no momento de grande dificuldade da pandemia e a intenção é reunir as entidades de maior representação na região para troca de informações sobre assuntos que impactam todos os segmentos.

Deixe uma resposta

Digite seu comentário
Por favor, informe seu nome

SIGA-NOS

42,064FãsCurtir
11,807SeguidoresSeguir
1,140InscritosInscrever

ÚLTIMAS

error: Alerta: Conteúdo protegido contra cópia. Utilize nossos botões de compartilhar.