InícioMunicípiosArvorezinhaCRVA de Anta Gorda já tem responsável

CRVA de Anta Gorda já tem responsável

Cinco cartórios registraram interesse na portaria publicada em setembro

 Anta Gorda em breve contará novamente com um posto do Centro de Registro de Veículos Automotores (CRVA), o qual havia sido fechado em 2018. O edital de interessados foi aberto em 27 de setembro o contou com cinco inscritos: Gilson Luiz Delazeri, de Relvado, Marcos Pelegrini, de Dois Lajeados, Rubens Raphael Tranin de Chiapeta, Eleni Inez Woiciechoski, de Tiradentes do Sul, e Alexandra Passaia, de Arvorezinha.

Foi publicado no site do Detran o resultado da portaria, deferindo o registro para o cartório de Relvado, de Gilson Luis Delazeri, que pertence a Encantado.

Relvadense deve assumir posto em Anta Gorda

 

Uma das razões do resultado foi o fato do cartório de Delazeri estar situado na mesma Comarca que o posto que será instalado em Anta Gorda, sendo ambos, de Encantado.

O resultado foi remetido à Corregedoria-Geral de Justiça para autorização e após procedimentos para documentação necessária para efetivação do credenciamento do Posto de Atendimento.

 

Expectativa

 Delazeri que trabalha há 29 no Cartório de Relvado e há 21 anos no CRVA conta que o interesse no município de Anta Gorda surgiu a partir de reuniões com o então prefeito Celso Casagrande, que acabou falecendo no início de outubro, logo após a portaria ser aberta.

“Desde que o Celsinho nos chamou para essa parceria, a gente vem buscando esta instalação, e quando surgiu a portaria para o posto de atendimento não tivemos dúvidas. Queremos prestar um ótimo serviço à comunidade de Anta Gorda e superar as expectativas dos nossos clientes”, diz Delazeri.

Após a autorização final da Corregedoria, o relvadense pretende dar andamento ágil a instalação do posto.

Delazeri também agradece a parceria com a prefeita Madalena Gehlen Zanchin que retomou o projeto de instalação e deu todo suporte ao CRVA.

Subsolo da Câmara será concluído e sediará posto do CRVA

 Em sessão ordinária realizada na segunda-feira, 25 de novembro, foi aprovado por unanimidade o Projeto de Lei n° 052/2019 que permitiu a liberação do recuso do Legislativo de R$ 20 mil para a construção de uma sala no subsolo.

O objetivo da construção é dar espaço para a sede do CRVA no município, como forma de auxílio.

Aluguel

Segundo o presidente do Legislativo, será realizado um projeto posterior para que o novo posto do CRVA seja instalado no subsolo da Câmara com isenção de aluguel.

Deixe uma resposta

Digite seu comentário
Por favor, informe seu nome

SIGA-NOS

42,064FãsCurtir
11,807SeguidoresSeguir
1,140InscritosInscrever

ÚLTIMAS

error: Alerta: Conteúdo protegido contra cópia. Utilize nossos botões de compartilhar.