O Hospital São João de Arvorezinha segue sofrendo com o atraso de repasses estaduais. Em meados de 2017, a direção da entidade havia protocolado uma ação contra o Estado cobrando parcelas atrasadas referentes ao pagamento do Samu nos meses de fevereiro, março e abril de 2016. A dívida ultrapassa R$ 400 mil. Veja matéria completa e entrevista com o administrador da entidade, Adairto Forti, na edição impressa.

Deixe seu comentário