Empresários definem macro-oportunidades no Fórum RS em Transformação

0
84

Evento que teve como sede a Acil, em Lajeado, reuniu entidades filiadas à Federasul no Vale do Taquari

Ao todo foram selecionadas 10 macro-oportunidades da região, nas áreas de logística, infraestrutura, turismo, saúde, segurança e geração de energia. A escolha das propostas foi amplamente debatida por dois meses, pela diretoria e associados da Câmara da Indústria, Comércio e Serviços do Vale do Taquari. A apresentação das demandas ocorreu durante o 4º Fórum Rio Grande em Transformação. O projeto, idealizado pela Federação das Entidades Empresariais do Rio Grande do Sul (Federasul), reuniu na quinta-feira, 13, empresários, lideranças regionais, autoridades e empreendedores.

Participaram do encontro, a presidente da Federasul, Simone Leite; os vice-presidentes Rafael Goelzer, Rodrigo Souza Costa e Paulo Fritzen, o presidente da CIC Vale do Taquari, Pedro Antonio Barth, o prefeito de Lajeado, Marcelo Caumo, a presidente da Associação Comercial e Industrial de Lajeado, Aline Eggers Bagatini, além de presidentes e representantes das ACI´s de Encantado, Arroio do Meio, Teutônia e Santa Cruz do Sul.
A Federasul vai apresentar as demandas de oito regiões do Estado durante o 15º Congresso da entidade, que vai acontecer no mês de outubro, em Gramado, com a participação do governador Eduardo Leite. Neste período, as propostas definidas no Vale do Taquari já estarão sendo tratadas pelas entidades regionais e pela própria federação.

Confira as demandas apresentadas no Fórum

1. Inclusão no Programa de Concessão o trecho entre Venâncio Aires-Muçum tendo como pré-requisito a extinção imediata da EGR.
2. Busca por investidores para o tratamento de dejetos suínos devido à grande carga orgânica nos Rios Forqueta e Taquari.
3. Turismo: criação de um núcleo regional de turismo. Incentivar e orientar investidores para a área do turismo; agrupar o trade do turismo regional.
4. Busca de novos investidores para Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCHs) no Vale do Taquari. Aproximar a secretaria de Desenvolvimento do Estado para colocar as PCHs no portfólio de oportunidades de investimentos do RS.
5. Melhorias na infraestrutura de telefonia e dados da região
6. Ser reconhecida como o Vale dos Alimentos
7. Ampliar as referências de saúde da região.
8. Criar um núcleo setorial de cooperativismo e associativismo no Vale do Taquari.
9. Aumento do efetivo policial
10. Avaliação de viabilidade e retomada do Porto hidro ferroviário de Estrela.

Texto e foto: Divulgação

Deixe uma resposta

Digite seu comentário
Por favor, informe seu nome