InícioDestaqueEntidades da cadeia produtiva se reúnem com governo gaúcho

Entidades da cadeia produtiva se reúnem com governo gaúcho

Estiveram reunidas na terça-feira, 26, na Secretaria Estadual da Agricultura e Desenvolvimento Rural (SEAPDR), as principais entidades da cadeia produtiva da erva-mate e do Instituto Brasileiro da Erva-Mate (Ibramate). Na ocasião as regiões produtoras de erva-mate, derivados e congêneres atualizaram para a nova gestão da Secretaria Estadual sobre a caminhada desta cadeia desde 2011, bem como das políticas públicas do Fundomate/Ibramate, e os projetos e ações em andamento.

A Associação dos Produtores de Erva-Mate (Aspemate) do Alto Uruguai, entidade fundadora do Ibramate e proponente da audiência, representada pelo seu presidente engenheiro agronomo Valdir Pedro Zonin, apresentou ao secretário Covatti Filho, ao adjunto Luiz Fernando e demais integrantes da Secretaria, documento mostrando esta caminhada e apresentando as principais demandas junto à secretaria. O documento foi endossado pelo presidente do Ibramate, Alberto Tomelero, proprietário da ervateira Tomelero, que enfatizou a urgência na retomada dos recursos ao Ibramate. Também foi reforçado pelas demais entidades representativas das indústrias, viveiros de mudas e produtores, que representaram as regiões nesta reunião.

O documento tratou do Termo de Fomento 2019 ao Ibramate, Cadastro Ervateiro RS e dos projetos de lei em andamento na Assembleia Legislativa Gaúcha e Câmara Federal. Dentre eles a inserção da gastronomia da erva-mate na alimentação escolar e mercados públicos, a oficialização da erva-mate e derivados nos estabelecimentos públicos a exemplo do café, a regulamentação do manejo de sub-bosques para introdução da erva-mate, o plano de incentivo à produção orgânica e a implementação de políticas estaduais e nacional para a divulgação da erva-mate. Estas, em breve serão apresentadas às Frentes Parlamentares da Erva-Mate (RS e DF).

A empresária Juliana Montanher, da Ervateira Ximango, junto ao secretário de Agricultura de Ilópolis Jurandir Marques e ao vice-prefeito de Ilópolis Fernando Dapont, também apresentou os relatos do histórico de ações e trabalhos realizados, e em andamento, no Alto Taquari e município sede do Ibramate. Já o empresário Loreni Galon, da ervateira Ervalense de Erval Grande, que representou as indústrias do Alto Uruguai, ressaltou a urgência na viabilização do Planto de Trabalho do Ibramate.

No final da reunião Pedro Schwemgber, da Escola do Chimarrão de Venâncio Aires, fez a demonstração aos presentes do chimarrão rápido, expondo também os trabalhos de divulgação da escola e as propriedades da erva-mate.

Esperamos que a partir desta importante reunião, seja possível retomarmos as principais atividades do Ibramate e demais entidades, fortalecendo com isso todos os elos desta importante cadeia produtiva para o nosso estado.  Divulgando e qualificando esse importante alimento (erva-mate) que possui mais de 190 princípios medicinais e nutricionais, certamente estaremos fortalecendo todos os elos, desde o produtor até o consumidor.

Deixe uma resposta

Digite seu comentário
Por favor, informe seu nome

SIGA-NOS

42,064FãsCurtir
11,807SeguidoresSeguir
1,140InscritosInscrever

ÚLTIMAS

error: Alerta: Conteúdo protegido contra cópia. Utilize nossos botões de compartilhar.