Frango Dália com Selo HALAL chegará aos Emirados Árabes em junho

112
Carregamento realizado da unidade frigorífica em Palmas, Arroio do Meio / Fotos: Carina Marques

Cargas estão sendo embarcadas a destinos islâmicos. Frigorífico de frangos tem 100% do abate HALAL

Toneladas de produtos com a marca Dália Alimentos tiveram como destino os Emirados Árabes Unidos. São cortes que possuem a certificação HALAL. Inclusive, as embalagens já estão impressas e identificadas com o selo obtido oficialmente em 10 de agosto de 2020, apenas dois meses após iniciar os trâmites para a obtenção da certificação e seis meses após o início da operação da indústria localizada em Palmas, na cidade de Arroio do Meio.

O primeiro embarque HALAL ocorreu no dia 4 de março com destino a Sharjah, nos Emirados Árabes Unidos, com 27 toneladas de meio peito sem osso e sem pele. Para abril há programação de embarque para Umm Al Quwain, também nos Emirados Árabes Unidos, de 27 toneladas de filezinho sassami. Para maio está programada a exportação para Durban, na África do Sul, de 27 toneladas de coxa e sobrecoxa. A previsão de chegada da primeira carga HALAL é 5 de junho, em Sharjah.

O frigorífico de frangos da Cooperativa Dália Alimentos está apto ao abate e à exportação para países de origem muçulmana. O Certificado HALAL foi emitido no dia 10 de agosto de 2020 pela empresa CDIAL HALAL, filial do Grupo CDIAL, referência global em Certificação HALAL. Em junho do ano passado o auditor técnico e supervisor regional da empresa CDIAL HALAL, Said El Moutaqi, capacitou os funcionários para tal aptidão. Ele é marroquino de nacionalidade e trabalha com abate HALAL desde o ano de 1992.

A Dália Alimentos edificou o frigorífico de frangos dentro das normas de abate HALAL, como, por exemplo, a sala de sangria em direção a Meca, na Arábia Saudita, cidade sagrada para os muçulmanos. Por isso, 100% do abate na indústria é HALAL, mesmo que não embarque para destinos específicos, como o mercado muçulmano. Todo frango segue o abate HALAL e existem muitos brasileiros que também optam por este procedimento.

A Certificação HALAL permite que alimentos sejam exportados a países do Oriente Médio e estabelece uma série de requisitos durante o abate e a industrialização, respeitando os conceitos religiosos HALAL, importantes para a comunidade muçulmana. A planta frigorífica da Dália Alimentos foi auditada pelo Centro de Divulgação do Islam para América Latina e encontra-se em conformidade com os requisitos estabelecidos pelo Manual de Certificação Halal CHS 3001-1, norma GSO 2055-1 e GSO 993.

 

Exportação

No ano de 2020, a Cooperativa Dália Alimentos exportou proteína animal a 19 países, sendo carne suína para os seguintes destinos: Hong Kong, Uruguai, Cingapura, Costa do Marfim, Vietnã, Angola, Albânia, Georgia, Egito, Libéria, Abkhazia, Turquia, Seychelles, Cabo Verde e Macau. Já carne frango teve como destino Haiti, Angola, Suriname e República Democrática do Congo.

 

Assessoria de Imprensa Cooperativa Dália Alimentos

Jornalista Carina Marques

Deixe uma resposta

Digite seu comentário
Por favor, informe seu nome