Brasileiros já vivenciam o Horário de Verão

133

Os gaúchos e a maior parte dos brasileiros iniciaram esta segunda-feira, 05/11 em um ritmo um pouco mais devagar que os dias anteriores. Isso em virtude do horário de verão que começou à meia noite deste domingo, 04/11 e devido  até a população se acostumar com a nova rotina cotidiana.   Os relógios permanecem adiantados em uma hora, até meados de fevereiro de 2019.

Este ano, o Horário de Verão teve seu início mais tarde em virtude das Eleições 2018. Contudo antes de entrar em vigor, houve uma cogitação de um segundo adiamento do início do Horário de Verão para 18 de novembro, por conta de não interferir na realização do Exame Nacional do Ensino Médio, contudo este não se concretizou.

O Horário de Verão consiste no adiantamento do relógio durante as estações da primavera e verão, onde os dias são mais longos. O objetivo é o auxílio no racionamento de energia elétrica, o que tem por consequência fazer com que as pessoas aproveitem mais a iluminação natural do Sol.

O horário de verão terminará às 00h do dia 17 de fevereiro de 2019, quando os relógios devem ser atrasados novamente, ou seja, quando for 00h (meia-noite), ocorrerá o retorno para às 23h.

Através do decreto de Lei nº 20.466, de 1º de Outubro de 1931 é que o Horário de Verão surgiu pela primeira vez, o que estipulou o adiantamento do relógio em uma hora em todos os Estados do Brasil, entretanto atualmente os Estados da região norte e Nordeste não estão inclusos no cumprimento do Horário de Verão.

Atualmente, o Horário de Verão existe em 30 países. A grande exceção são os países localizados na faixa equatorial, onde não existem variações de estações e o clima mantêm-se o mesmo durante quase todo o ano.

Deixe uma resposta

Digite seu comentário
Por favor, informe seu nome