Hospital Santa Terezinha lança projeto de nova infraestrutura

218

Após um período de dificuldades financeiras o Hospital Santa Terezinha está vivendo uma nova fase, a entidade tem passado por constante evolução, instalação de novos equipamentos, ampliação, reformas e diversas outras adequações. Na última semana o novo modelo para a futura infraestrutura foi lançado. No total a área em reforma será de 532,88m² e 1102,51 m² de ampliação.

O novo projeto inclui adequações, reformas e ampliações. A diretoria do Hospital ainda aguarda a aprovação da Vigilância Sanitária. O Engenheiro Responsável é Jorge Lucas Alves de Castro. Logo após a inauguração do Raio-X, a reforma era a primeira meta da mesa diretória do Hospital Santa Terezinha, uma vez que, o principal objetivo da diretoria é a evolução, para que o Hospital seja referência em toda a região.

O novo modelo consiste em mais espaço, consequentemente mais ventilação e claridade em toda a extensão do Hospital. Sua estética foi pensada de forma que ocupe todo o terreno possível. Esteticamente o projeto é moderno e seu principal objetivo é atender da melhor forma possível a todos os pacientes, em espaço mais amplo e arejado. Vale enfatizar, que alguns pontos do mesmo já estão sendo restaurados e atualmente estão em fase de conclusão. As obras de ampliação não possuem data para início.

No projeto para o térreo tem cozinha, farmácia, necrotério e setor administrativo. E no piso superior prevê a construção de um bloco cirúrgico, Central de Material e Esterilização (CME), adequação de sete quartos (quatro quartos com duas enfermarias e três quartos com uma enfermaria, todos com banheiro anexo), mais dois quartos de descanso plantonista e uma sala de estar com copa em anexo.

O presidente do Hospital Santa Terezinha, Tiago Zanotelli, ressalta que essas adequações irão qualificar o atendimento na instituição. “Estamos sempre buscando melhorar o atendimento e os nossos serviços, por isso, vamos buscar recursos para realizar essas melhorias. Acredito que em breve vamos ter condições de iniciarmos essa ampliação que resta”.

Deixe uma resposta

Digite seu comentário
Por favor, informe seu nome