InícioDestaqueIGP identifica droga sintética com efeitos semelhantes aos da maconha, porém mais...

IGP identifica droga sintética com efeitos semelhantes aos da maconha, porém mais tóxicos

Uma droga com efeitos mais potentes que a maconha comercializada sob a forma de um pequeno selo de papel foi identificada pela primeira vez no Rio Grande do Sul. Trata-se da 5F-MDMB-PICA, um canabinoide sintético, produzido artificialmente. Ele provoca efeitos semelhantes aos da maconha, mas com um agravante: a diferença entre a dose recreativa e a tóxica é pequena, o que traz mais riscos à saúde do usuário.

A apreensão aconteceu no dia 27 de janeiro em Porto Alegre. Um indivíduo foi preso com uma mochila onde estavam 36 selos, semelhantes a ácido lisérgico (LSD). A identificação da droga é fundamental para enquadrar criminalmente pessoas presas com a substância. Se o material não é tipificado como proscrito pela legislação, não há justificativa para a prisão.

No IGP, quando uma substância ainda não identificada chega para perícia e não há padrão analítico de comparação, os peritos criminais avaliam os caminhos para se chegar à identificação química. A opção inicial seria importar o padrão de empresas que produzem, mas o processo é mais demorado, caro e pode não ter uma boa relação entre custo e benefício, pois a composição das drogas sintéticas muda constantemente.

 

Deixe uma resposta

Digite seu comentário
Por favor, informe seu nome

SIGA-NOS

42,064FãsCurtir
11,807SeguidoresSeguir
1,140InscritosInscrever

ÚLTIMAS

error: Alerta: Conteúdo protegido contra cópia. Utilize nossos botões de compartilhar.