Lajeado tem a segunda maior taxa de óbitos do Estado

505

A região da 16ª Coordenadoria de Saúde de Lajeado apresenta índices alarmantes de mortalidade pelo novo coronavírus, sendo de 2,85%, a segunda maior do estado, ficando apenas atrás da região de Taquara. A região que possui 37 municípios, entre eles Anta Gorda, Doutor Ricardo, Ilópolis e Putinga, registrou 71 óbitos na última semana.

A região da 6ª coordenadoria, região de Passo Fundo, que tem como integrantes os municípios de Arvorezinha, Fontoura Xavier, Camargo, Itapuca e Nova Alvorada, tem ao todo 62 municípios e apresentou 78 mortes, ou seja, 1,67% de óbitos no mesmo período, ficando em décimo lugar em mortalidade no Estado.

Os dados de contágio no Rio Grande do Sul continuam subindo alarmantemente já estão contabilizados desde o início da pandemia, 744.844 casos confirmados, uma incidência de 6.546 a cada 100 mil habilitantes. Desses 694.973 são considerados recuperados, uma taxa de 93%.

Atualmente 35.703 casos estão sendo acompanhados, sendo estes 5% do total de casos desde o início da pandemia. O Estado, devido ao Covid-19, já contabiliza 15.105 mortes, registrando uma taxa de 132,8 mortes a cada 100 mil habitantes. A taxa de letalidade é de 2%.

A taxa de ocupação de leitos é um dos dados mais alarmantes, pois é o que coloca o estado em situação de Bandeira Preta no distanciamento controlado e com protocolos tão rígidos, e hoje atinge 109,8% da sua capacidade máxima. São 50.907 hospitalizações em todo estado, representando 7% dos 744 mil casos.

O maior índice de contaminação se dá em pessoas da faixa etária entre 30 a 39 anos, representando até o momento 165.643, sendo que do total, a maior taxa de contaminação ainda se dá no sexo feminino com 53% dos casos e masculino em 47%.

Deixe uma resposta

Digite seu comentário
Por favor, informe seu nome