Médico alerta para o risco de contágio e número expressivo de infectados

1066

 

Cinco óbitos em menos de dez dias e 62 casos confirmados, sendo destes 34 com o vírus ainda ativo. Essa é a realidade enfrentada em Putinga em relação à Covid-19, que chegou de forma tardia, mas avassaladora no município.

Conforme o médico da Unidade Básica de Saúde, Roberto Bender, na última semana houve um aumento drástico no número de casos. “Por isso é importante reforçar os cuidados que todos já sabem: uso de máscara e álcool gel e distanciamento social. Vamos tentar controlar esse novo pico da pandemia e minimizar os danos causados por ele. Daqui há aproximadamente duas semanas é que vai surtir o resultado deste isolamento/cuidado, reduzindo a transmissão do vírus”, explica.

Ele relata que até poucos dias, o contágio estava sendo controlado no município. “Tínhamos um número controlado, de cinco a dez casos por semana, no máximo. Já nesta última, coincidentemente depois do Carnaval onde as pessoas acabaram se reunindo, tivemos muitos casos de uma só vez”, salienta.

Bender que também atua no Hospital Doutor Oscar Benévolo junto a outro profissional, na linha de frente de combate à pandemia, alerta para o número de internações. “Nunca tivemos tantas internações pelo vírus como agora. É um momento grave, que exige um cuidado maior por parte de todos”, frisa. Estão internadas com Covid-19, nove pacientes.

“Nesse momento de pico, onde os leitos e UTIs de todos os hospitais estão lotados, com pacientes aguardando na fila para serem transferidos, precisamos fazer a nossa parte. Todos os dias podemos fazer a diferença nos números trazidos pela pandemia”, encerra.

Deixe uma resposta

Digite seu comentário
Por favor, informe seu nome