InícioDestaqueMunicípio elege nova corte de soberanas

Município elege nova corte de soberanas

Evento de escolha aconteceu  no último sábado

 

Passado a pressão do concurso, agora vem o reconhecimento e a responsabilidade do cargo. Eleitas na noite do último sábado para o biênio 2022/2024, a nova corte de soberanas do município composta pela rainha Evini Gabrielli Vicari, 21 anos, e suas princesas Marcielly de Garais Ludke, 16 anos, e  Camili Bernardon Vacari, 20 anos, representarão o município em todos os eventos oficiais.

- Advertisement -

Para a princesa Marcielly de Garais Ludke, que é aluna do segundo ano do ensino médio, representar o município a partir de agora é muito gratificante. Ela conta que nunca havia sonhado em ser soberana, mesmo já tendo recusado participar de outros concursos de beleza, mas que desta vez, graças ao apoio de pessoas próximas aceitou o convite.  “Eu recebi esse convite pela prefeitura, porém desde o inicio fiquei na dúvida, mas com o apoio da família e dos amigos resolvi participar. E como sempre gostei muito de Putinga e sempre amei conhecer todos os locais turísticos de nossa cidade, e como conheço bem a cultura do município, isso me motivou em participar, ai me perguntei, porque não participar?”, explica a princesa que diz não ter um sonho definido, mas que espera ser feliz em todas as áreas da vida. “Sou confiante, e no dia do desfile eu estava muito nervosa, mas acreditei até o fim. Acredito sempre nas coisas”, diz.

Já a rainha Evini Gabrielli Vicari, aluna do curso de geografia, explica que no último concurso realizado em 2019, havia sido convidada para participar, mas  não se sentia preparada no momento. “Na época eu não me sentia confiante, mas agora sim, quando fui convidada eu já estava pensando em participar, pois sempre amei muito meu município e tinha essa vontade de levar o nome  de Putinga a  frente, e como agora moro em Porto Alegre, todos sabem pelo meu sotaque que sou de Putinga e isso me da muito orgulho”, afirma a rainha.  “O concurso foi muito especial. Tivemos momentos de muito aprendizado com todos os envolvidos e em cada momento da preparação”, afirma a rainha. “Quando leram a mensagem, mesmo sem dizerem meu nome, eu já sabia que era eu, acabei subindo na passarela chorando, antes de divulgarem meu nome, tamanha foi minha emoção”, fala Evini que ama estudar. “Quero fazer doutorado e depois pretendo fazer outra faculdade, isso é oque me move, pois amo estudar, mas também sonho em ter uma fundação onde possa ajudar as pessoas que não sabem ler ou escrever” acrescenta a rainha.

Na mesma linha segue a princesa Camili Bernardon Vacari que atualmente estuda administração na UPF e acredita que o estudo é fundamental na formação pessoal, porém ela lembra que o principal alicerce para o futuro é construir uma família e ser feliz. Quanto às passarelas, ela lembra que já havia sido convidada para participar de concursos de beleza.   “Da mesma forma que as demais colegas já haviam recebido convites, eu também  já havia recebido e tinha recusado todos, mas ser soberana sempre foi um grande sonho meu. Minha mãe já teve a oportunidade de arrumar as soberanas varias vezes  e eu conseguia ver de perto  o trabalho delas  desde pequena, e isso me encantou ainda mais. Aceitei o convite  e recebi muito apoio de todos próximos a mim, fiquei muito feliz pois, ali vi o quanto as pessoas gostam da gente”, disse.  “Pra mim ser soberana é importante pois eu amo o meu município”, diz.

 

Do nervosismo a conquista

As candidatas lembram as dificuldades enfrentadas e superadas durante a preparação. “Para mim foi à passarela, pois sou muito tímida e isso foi bem complicado pra mim, encarar o público frente a frente”, diz a princesa Marcielly.  “Para mim a maior dificuldade foi ter participado e falado na live, pois para mim falar frente a frente não é tão difícil,  mas a câmera me a assusta”, diz sorrindo a rainha Evini.  “Para mim lidar com a pressão foi a maior dificuldade, pois muitas vezes as pessoas colocam pressão e responsabilidade em nós que na realidade não temos e eu acabava me cobrando muito, então para mim a maior dificuldade no concurso foi me manter confiante”, afirma a princesa Camili.

 

Agradecimentos

Com muito carinho pela família, as três não se esquecem de agradecer a Deus e a família pelo apoio dado antes e depois do concurso, além de parabenizar a organização do concurso pelo evento.

Princesa Marcielly de Garais Ludke destaca que nunca tinha sonhado em ser soberana, mas que foi confiante para o desfile
A maior paixão da rainha Evini Gabrielli Vicari é estudar. “Não quero parar de estudar, quero fazer outra faculdade ainda”, diz
“O Principal alicerce para o futuro é construir uma família”, diz a princesa Camili Bernardon Vacari

Deixe uma resposta

Digite seu comentário
Por favor, informe seu nome

SIGA-NOS

42,064FãsCurtir
11,807SeguidoresSeguir
1,140InscritosInscrever

ÚLTIMAS

error: Alerta: Conteúdo protegido contra cópia. Utilize nossos botões de compartilhar.