Novo decreto prevê vedação à comercialização de itens não essenciais

851

Na tarde desta sexta-feira, 5 de março, o governador Eduardo Leite, durante a live semanal anunciou que os protocolos de bandeira preta serão mantidos até o dia 21 de março.

O sistema de cogestão (onde cada município pode definir as medidas) deve ser retomada a partir de 22 de março, com os protocolos de bandeira vermelha. Porém a suspensão geral de atividades após as 20h será mantida até o dia 31 de março.

A mudança mais significativa anunciada por Leite é a vedação da comercialização dos itens não essenciais nos estabelecimentos comerciais. Os estabelecimentos deverão retirar ou isolar os produtos não essenciais. A medida começa a valer na segunda-feira, 8 de março, e tem como objetivo de reduzir movimento nos locais.

O Estado publicará ainda nesta sexta-feira, 5, o decreto com as novas regras.

Governador anuncia ampliação do atendimento do Samu aos municípios gaúchos, pelo projeto Chamar 192. Hoje, 226 municípios não contam com o serviço. Para o município aderir, são necessários:
– Um número de telefone, para se conectar à central de regulação;
– Aderir ao sistema informatizado da central de regulação
– Equipamentos técnicos para isso – computadores
– Equipe (motorista, técnico de enfermagem e socorrista).

Estado pagará R$ 15 mil por adesão e R$30 mil para custeio por dois meses.

Deixe uma resposta

Digite seu comentário
Por favor, informe seu nome