Obra do Residencial Pôr do Sol está na fase de estruturação

687

Empreendimento deve ter sua obra de infraestrutura concluída até o final do ano  

 

Viver um local sossegado, privilegiado, com arborização, ampla infraestrutura e segurança é o sonho de muitas famílias. E é exatamente isso, e muito mais, que o Residencial Pôr do Sol oferece.

O empreendimento, situado próximo à Linha Gramado, com acesso pela ERS-332, dispõe de lotes com matrículas individualizadas, e está sendo construída pavimentação com paralelepípedos, rede de água e rede pluvial nas calçadas e iluminação pública com lâmpadas de LED.

“A obra está na fase de abertura das ruas, colocação da tubulação (nos dois lados da calçada, para evitar futuros problemas) para posteriormente iniciarmos o calçamento”, conta Celso Portalupi, que é um dos proprietários do Residencial Pôr do Sol e que gerencia a empresa Portalupi Empreendimentos Imobiliários. A construção do Residencial tem parceria com as empresas DB Construtora e Incorporadora, de Debrunes Biolchi, e a Rimapi, do engenheiro civil Ricarte Martins Pinto.

Ainda sobre o andamento das obras, Portalupi explana: “Estão seguindo dentro da normalidade. No final do ano tivemos que dar uma parada em razão das férias e festividades, mas já retornamos a todo vapor. A previsão de conclusão de toda a infraestrutura é para o final do ano”, revela ele.

De acordo com o empreendedor, as matrículas dos terrenos já estão prontas, assim como os mapas. “Quem comprar os terrenos já sai com a escritura e a partir do momento da conclusão do calçamento, assim como da rede de energia e de água, já poderá construir, com segurança, dentro de tudo o que é exigido pelo município. Vale enfatizar que quem compra terrenos irregulares dificilmente vai conseguir a sua regularização”, frisa. “Quem quiser saber mais sobre os terrenos à venda pode me procurar, assim como ao Debrunes ou ao Ricarte pelos telefones (51) 99997.1004, (51) 996937576 ou (51) 999885158”, salienta.

Ao todo são 77 terrenos que estão sendo comercializados a partir de R$ 115 mil. Os lotes são compatíveis com a aquisição de quem quer construir ou financiar, atendendo a demanda da população que deseja investir. “Nosso empreendimento vai ficar muito bom e melhorar a cidade, que está crescendo, por meio de uma infraestrutura muito bem feita”, concluiu Portalupi.

Devido às mudanças do Plano Diretor do município, as calçadas desse loteamento serão feitas com 2,5 metros, sendo que anteriormente eram apenas 2 metros. Ou seja, são 15 metros de rua, sendo dez de pista de rolamento e cinco de calçadas (2,5 metros cada lado) onde será colocado água e rede pluvial em frente ao terreno.

Deixe uma resposta

Digite seu comentário
Por favor, informe seu nome