InícioDestaquePolícia Civil segue na investigação de assalto a mão armada

Polícia Civil segue na investigação de assalto a mão armada

Um assalto a mão armada chamou a atenção de toda a região no último sábado, 23 de abril, o assalto foi realizado numa residência no centro de Ilópolis.

De acordo com o delegado Felipe Cavalcanti, que é o responsável pela Delegacia de Polícia de Ilópolis a investigação é difícil mas que segue com êxito. “Assim que nos informaram do assalto a Polícia Civil começou a levantar as primeiras informações a respeito desse crime para identificar autoria e prender esses suspeitos”. E continua, “visto que é um fato grave um fato que envolve a violabilidade da residência, a invasão do domicílio das vítimas, portanto desde então estamos no encalço desses suspeitos para tentar localizá-los”.

O delegado salienta que preocupa o fato de um assalto a mão armada ocorrer em Ilópolis, pois pode significar uma migração de crimes. “É uma situação preocupante, esse tipo de crime é comum em várias comarcas até aqui da região e por isso que nós estamos sempre repreendendo esse tipo de  infração. Só que o crime ele  anda, vai buscando novas oportunidades, vamos assim dizer. Então infelizmente uma família de Ilópolis acabou sendo vítima desse crime”.

- Advertisement -

Dificuldade na investigação

A investigação de crimes como esse de acordo com o delegado é muito difícil, pois podem ser pessoas que outras regiões que os cometem. “Nós estamos trabalhando para elucidar e identificar os suspeitos para posterior prisão deles. Pelo que nos foi passado trabalhamos com  três ou quatro suspeitos. Eles teriam rendido  as vítimas mediante o uso de arma de fogo e feito a subtração de vários pertences”.

E pede. “É muito importante a participação da população nos fornecendo informações, o sigilo é garantido. A gente faz um apelo a qualquer pessoa que tenha informação que possa levar a identificação e a prisão desses suspeitos, que procure a Polícia Civil a delegacia de Ilópolis ou qualquer delegacia da região que todos os agentes estão empenhados para solucionar esse  fato”.

Cavalcanti pede ainda que a população confie no trabalho da polícia que está trabalhando incansavelmente para elucidar o crime. “O veículo usado ainda não foi localizado, pedimos um pouco de paciência para a população, mas óbvio que já temos alguns suspeitos e algumas linhas de investigação. Acreditamos que na sequência teremos sucesso nas investigações, mas para isso é importante que alguns dados permaneçam em sigilo. Até porque esse é um crime de difícil elucidação, porque no crime contra o patrimônio o suspeito pode ser de qualquer local não tem uma vinculação, e pode envolver vários locais, mas esperamos em breve ter notícias boas para a população”. 

 

Deixe uma resposta

Digite seu comentário
Por favor, informe seu nome

SIGA-NOS

42,064FãsCurtir
11,807SeguidoresSeguir
1,140InscritosInscrever

ÚLTIMAS

error: Alerta: Conteúdo protegido contra cópia. Utilize nossos botões de compartilhar.