InícioDestaqueRS Seguro é destaque em seminário sobre iniciativas inovadoras em segurança pública

RS Seguro é destaque em seminário sobre iniciativas inovadoras em segurança pública

O vice-governador e secretário da Segurança Pública, Ranolfo Vieira Júnior, participou, nesta quarta-feira, 25 de agosto, do seminário Soluções Disruptivas para Segurança Pública. Na programação, apresentou o Programa Transversal e Estruturante da Segurança Pública – RS Seguro, iniciativa que tem contribuído para manter e aprofundar a queda nos indicadores de criminalidade no Estado.

Também participaram do seminário os secretários da Segurança Pública do Tocantins, Cristiano Sampaio, de Goiás, Rodney Miranda, e o secretário da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará, Sandro Caron de Moraes. A conversa foi mediada pelo gerente executivo de soluções para a indústria da América Latina da Huawei Technologies, Ricardo Mansano. A organização e realização do seminário foi da Network Eventos.

Ranolfo enfatizou que a criação do Programa RS Seguro foi uma das principais iniciativas do Estado, sendo lançado logo no começo do atual governo, firmando o compromisso com a segurança da população gaúcha. Com o estudo dos principais crimes, delimitando os 23 municípios que concentravam a maior parte dos delitos, iniciou-se o acompanhamento constante dos indicadores. A Gestão de Estatística em Segurança (GESeg) ocorre com a integração de todas as esferas do governo gaúcho, desde os agentes de segurança que atuam diariamente no enfrentamento ao crime até o governador Eduardo Leite. Em reuniões mensais, os representantes dos municípios debatem com a cúpula de governo as estratégias, as boas práticas e dificuldades do mês anterior.

O monitoramento constante dos índices, com o amplo debate entre os atores envolvidos, além do desenvolvimento rápido de soluções para as problemáticas que surgem diariamente nos municípios gaúchos, tem contribuído para a redução de praticamente todos os crimes no Estado. No pico da criminalidade, em 2017, o índice de homicídios chegou a 26,4 por 100 mil habitantes. Com o avanço das iniciativas do programa, em 2020 o Estado reduziu essa taxa para 14,8 mortes por 100 mil habitantes.

Ranolfo destacou ainda que novas estratégias têm se desenvolvido para ampliar a redução dos indicadores. O uso de tecnologias para o enfrentamento ao crime está diretamente ligado a uma das três premissas do Programa RS Seguro, de investimento qualificado. Nesta ordem, o vice-governador reforçou que o Estado tem aprimorado o uso das tecnologias em benefício da Segurança Pública de toda população. “Estamos desenvolvendo um sistema, com painéis de inteligência de dados, com geoprocessamento, mapa de calor, entre outras soluções tecnológicas. Esperamos que essa iniciativa, que irá aprimorar ainda mais o acompanhamento da GESeg, seja implantada ainda em 2021”, enfatizou o vice-governador.

A troca de informações entre autoridades estaduais possibilita a criação de soluções inteligentes para os desafios enfrentados pelos secretários de Segurança Pública. Entre as alternativas, a integração com a sociedade civil e com as universidades foi destacada pelos participantes do evento para contribuir com o avanço das políticas de segurança.

No Ceará, conforme o secretário Sandro Caron de Moraes, a utilização de ferramentas de videomonitoramento e cercamento eletrônico tem apresentado resultados significativos. Moraes enfatizou que a qualificação do uso dessas ferramentas auxilia em prisões diárias e já possibilitou a recuperação de veículos roubados em apenas seis minutos.

* Fonte Secom

Deixe uma resposta

Digite seu comentário
Por favor, informe seu nome

SIGA-NOS

42,064FãsCurtir
11,807SeguidoresSeguir
1,140InscritosInscrever

ÚLTIMAS

error: Alerta: Conteúdo protegido contra cópia. Utilize nossos botões de compartilhar.