InícioDestaqueSecretaria da Agricultura aporta mais R$ 17,9 milhões à Emater

Secretaria da Agricultura aporta mais R$ 17,9 milhões à Emater

Valor complementa os R$ 185 milhões garantidos pelo Estado para a instituição no exercício fiscal de 2022

Por meio de um decreto de suplementação orçamentária publicado nesta quinta-feira, 24 de fevereiro, no Diário Oficial do Estado, a Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr) irá aditivar contrato com a Emater/RS-Ascar com acréscimo de R$ 17,9 milhões. O valor complementará os R$ 185 milhões que já tinham sido garantidos pela Seapdr à instituição ao longo do exercício fiscal de 2022, conforme estabelecido pelo contrato de prestação de serviços assinado entre as partes.

O novo aporte de recursos atende a uma demanda feita pela direção da Emater em 2021 à Seapdr e possibilita condições financeiras para a instituição prestar os serviços sem problemas de caixa. “Com este valor, a Seapdr garante tranquilidade para execução do trabalho da Emater junto a milhares de famílias agricultoras em todo o Estado”, destaca a secretária da Agricultura, Silvana Covatti. “É uma demonstração de que queremos fortalecer cada vez mais esta instituição e incentivar o trabalho de todo o quadro da Emater que faz um serviço muito necessário e importante”, acrescenta Silvana.

- Advertisement -

A secretária lembra que, com a execução do Avançar na Agropecuária e no Desenvolvimento Rural, houve o aumento da demanda e da necessidade de serviços prestados pela Emater, que terá, entre outros, que elaborar projetos de 6 mil microaçudes e 500 conjuntos de cisternas. A partir disso e da ampliação de serviços também por conta da estiagem, a secretaria conseguiu justificar o pedido de mais recursos e aprovar junto à Junta de Coordenação Orçamentária e Financeira (Juncof).

Silvana lembra ainda que os valores destinados à Emater são frutos de uma conquista construída desde 2019, na gestão do então secretário Covatti Filho. Entre 2019 e 2020, estabeleceu-se um processo de reformulação da Emater para se chegar a um equilíbrio financeiro e também foi firmado um novo formato de contratação entre Estado e a instituição, promovendo mais segurança jurídica para a continuidade do trabalho de assistência técnica e extensão rural no Rio Grande do Sul.

O presidente da Emater, Edmilson Pedro Pelizari, diz que o recurso foi muito esperado e que contribuirá para o cumprimento de ações e metas projetadas para 2022 dentro da instituição. “Estes novos valores vão proporcionar melhores condições de trabalho e dar todo o suporte aos escritórios municipais e regionais da Emater, principalmente agora no momento difícil de estiagem e que o produtor demanda muito o nosso apoio”, afirmou Pelizari, ao agradecer o empenho da secretária Silvana e de todo o governo.

O diretor técnico da Emater, Alencar Rugeri, complementa que o novo aporte permitirá o andamento das políticas e ações de extensão rural que são fundamentais para os agricultores e para o desenvolvimento do Estado. “É uma resposta positiva neste momento de recuperação dos produtores, porque a Emater é o braço que chega lá ponta. Para a área técnica, é um momento de celebração”, acrescenta Rugeri.

Deixe uma resposta

Digite seu comentário
Por favor, informe seu nome

SIGA-NOS

42,064FãsCurtir
11,807SeguidoresSeguir
1,140InscritosInscrever

ÚLTIMAS

error: Alerta: Conteúdo protegido contra cópia. Utilize nossos botões de compartilhar.