InícioDestaqueSenadores de oposição protocolam pedido de abertura da CPI do MEC

Senadores de oposição protocolam pedido de abertura da CPI do MEC

Nesta terça-feira, 28 de junho, por volta de 12h30, senadores da oposição protocolaram no Senado um requerimento para a abertura da Comissão de Inquérito Parlamentar (CPI), para investigar o gabinete paralelo no Ministério da Educação (MEC) comandado pelo ex-ministro da Educação e pastor Milton Ribeiro.

O requerimento foi protocolado pelo líder da oposição senador Randolfe Rodrigues, que conseguiu 31 assinaturas, quatro a mais do que era necessário.

Em entrevista coletiva, Randolfe Rodrigues classificou o requerimento como “robusto”. Segundo o parlamentar, não há dúvidas de que foi instalada uma quadrilha no Ministério da Educação (MEC) e de que o próprio medo do presidente Jair Bolsonaro (PL) diante dos rumos da investigação indica “que há tentáculos do Planalto envolvidos nessa situação”.

Ele afirmou que as investigações estão sob “forte ameaça”. “Em situações normais não necessitaria de uma CPI, mas essa investigação está sob ameaça de interferência do presidente da República”, afirmou o parlamentar.

Para a CPI ser instalada é necessário que o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, leia em plenário o requerimento. Pacheco quer ouvir os líderes partidários antes de anunciar uma decisão. Caso seja instalada, a comissão deve funcionar por no mínimo 90 dias.

Deixe uma resposta

Digite seu comentário
Por favor, informe seu nome

SIGA-NOS

42,064FãsCurtir
11,807SeguidoresSeguir
1,140InscritosInscrever

ÚLTIMAS

error: Alerta: Conteúdo protegido contra cópia. Utilize nossos botões de compartilhar.