TJ concede habeas corpus ao acusado do caso Potrich

6336

O desembargador Honório Gonçalves da Silva Neto, concedeu em caráter liminar, o habeas corpus impetrado pela defesa de C.A.W.P, acusado do homicídio triplamente qualificado e ocultação de cadáver de Jacir Potrich.

De acordo com o advogado de defesa Paulo Olímpio Gomes de Souza, o Tribunal de Justiça entendeu que desnecessária a manutenção da sua prisão, pois o fatos apontados não configuram nenhuma ameaça as testemunhas.

Sobre o encontro do acusado e familiares de Potrich, Paulo Olimpio diz que se trata de uma casualidade. “Anta Gorda é uma cidade com duas ruas, as pessoas passam umas pelas outras e ele está em liberdade”.

Conforme Paulo Olímpio, o acusado aguarda os trâmites burocráticos para a sua soltura do Presídio de Encantado, e deve retomar suas atividades tão logo seja solto.

 

 

 

Deixe uma resposta

Digite seu comentário
Por favor, informe seu nome