Essa matéria é exclusiva para assinantes do jornal digital.

Já sou assinante do jornal digital!

InícioDestaque1º de maio, um dia para celebrar conquistas e lutas por direitos...

1º de maio, um dia para celebrar conquistas e lutas por direitos trabalhistas

A data é comemorada em vários países do mundo, sendo feriado no Brasil e em mais cerca de 80 países

Por Fabiana borelli

 

- Advertisement -

Dia 1º de Maio é uma data comemorativa  dedicada à conquista de todos os trabalhadores durante a história. Por isso, apesar de seu nome completo ser Dia Mundial do Trabalho, muitas pessoas preferem usar Dia do Trabalhador, porque esta é uma forma de homenagear os trabalhadores.

A história do Dia do Trabalho surgiu em Chicago, nos Estados Unidos, em 1º de maio de 1886, quando muitos trabalhadores foram às ruas para protestar contra jornadas exaustivas diárias, que podia chegar até 17 horas. Homens e mulheres lutavam por uma carga horária de 8 horas e melhores condições de trabalho. No mesmo dia, todos os trabalhadores americanos realizaram uma greve geral no país. As manifestações ficaram conhecidas como a Revolta de Haymarket.

Nos dias seguintes, os trabalhadores continuaram reivindicando e os policiais começaram a entrar em conflito com os grupos. Quanto mais as forças armadas repreendiam, mais os manifestantes continuavam e a importância da data ficava marcada.

Em consequência dos protestos realizados, a França decretou 1º de maio como feriado nacional, e reduziu a jornada de trabalho para 8 horas diárias, em 23 de abril de 1919. Logos após, diversos países passaram a tomar a mesma medida.

Nos Estados Unidos, a data é celebrada anualmente na primeira segunda-feira do mês de setembro. Apesar do feriado ser reconhecido em 1894, a redução da jornada de trabalho para 8 horas foi efetivada em 1890.

No Brasil, o Dia do trabalho foi instituído no governo de Artur Bernardes, em 1925. Antes disso, em 1917, ocorreu em São Paulo uma greve geral.

Os operários e comerciantes da cidade permaneceram em greve durante dias, por conta das condições precárias de trabalho. Dentre o que eles reivindicavam estava: o aumento de salário; a redução da jornada de trabalho; a proibição do trabalho infantil;

e a proibição do trabalho feminino à noite.

Durante os meses de junho e julho de 1917 outros trabalhadores se juntaram ao movimento. Como resultado, as condições melhoraram e parte das reivindicações foram atendidas. Assim, os trabalhadores conquistaram, dentre outras coisas, o aumento de 20% de salário.

Com Getúlio Vargas, foi dado mais um passo em direção a essas melhorias. No dia 1° de maio de 1940, Getúlio Vargas instituiu o salário mínimo no país e, no mesmo dia, em 1941, a data foi utilizada para marcar a criação da Justiça do Trabalho.

Em 1° de maio de 1943 foi anunciada a Consolidação das Leis de Trabalho (CLT) no país. Por esse motivo, quando há aumento do salário mínimo, geralmente é realizado nesta data.

Deixe uma resposta

Digite seu comentário
Por favor, informe seu nome

SIGA-NOS

42,064FãsCurtir
11,807SeguidoresSeguir
1,140InscritosInscrever

ÚLTIMAS

error: Alerta: Conteúdo protegido contra cópia. Utilize nossos botões de compartilhar.