Essa matéria é exclusiva para assinantes do jornal digital.

Já sou assinante do jornal digital!

InícioDestaqueAgentes de Saúde passarão por formação

Agentes de Saúde passarão por formação

As agentes serão capacitadas por meio de uma formação ministrada pela UFRGS, que terá duração de dez meses

Por Fabiana Borelli

As agentes de Saúde de Fontoura Xavier terão a oportunidade de participar de uma formação disponibilizada pelo Ministério da Saúde, com o intuito de capacitar as mesmas para o atendimento à população e assim qualificar e a resposta para as equipes da Saúde da Família.

- Advertisement -

O secretário de Saúde Eduardo Souza Santos salienta que todas as agentes participarão da formação. “Nos últimos dias finalizamos as inscrições de todas as 27 agentes comunitárias de Saúde e as agentes de endemias no programa Saúde com a Gente, onde buscamos o credenciamento pelo Ministério da Saúde para essa capacitação que será ministrada pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). O curso tem duração de dez meses entre aulas presenciais, onde o tutor vem até o município ministrar as aulas, e aulas online”.

Ele explica: “As agentes serão capacitadas para diversos fatores importantes para a Saúde, que vão desde a conhecimento de doenças, de medicamentos farmacêuticos, medição da glicose aferição da pressão arterial, noções de microbiologia, parasitologia, compreender o processo de saúde e doença. Como fazer saúde de imunização, cuidado, educação, acompanhamento dos ciclos da vida das famílias. Então, é um curso exclusivo que dará mais bagagem às agentes no atendimento à população”.

O secretário ressalta que cada microárea tem suas características e que com essa formação a agentes poderão dar uma resposta mais fidedigna à equipe das Unidades de Saúde. “Os dilemas, são muitos os problemas, são muitas realidades dentro de cada microárea. O agente comunitário de Saúde encontra realidades diferentes, então, esse curso vem a capacitar elas em diversas modalidades. São mais de mil horas de curso, totalmente gratuito. Para o município e para as agentes de saúde. Afinal são elas que estão na ponta, são as agentes que muitas vezes seu linguajar podemos dizer assim curto trazem os problemas para dentro da Secretaria e esse curso vai além de capacitar vai facilitar o entrosamento, e o acompanhamento de toda a rede de Saúde do Município”.

Para o secretário, com uma resposta mais assertiva o trabalho da equipe deve melhorar. “Penso que com essa capacitação iremos melhorar em todas as áreas porque elas vão conseguir trazer de forma mais assertiva os problemas das suas microáreas e assim poderemos estabelecer, melhores processos de trabalho e melhorar as políticas do SUS”.

Conquistas em um ano

No dia 12 de abril, o secretário Eduardo Souza Santos completou 01 ano frente à Pasta e destaca a evolução e as conquistas nesse ano. “Eu assumi a Secretaria logo que estouraram os casos da Covid-19, foi muito trabalhoso, mas com a equipe com engajamento com empedramento das pessoas fizemos um bom trabalho. Eu sempre saliento que a Unidade Central de Saúde é mais uma e que as demais no interior têm que ter o mesmo serviço que tem aqui, e assim fomos trabalhando”.

Ele continua: “Levamos o sistema vacinal completo para todas as Unidades de Saúde, assim como o teste do pezinho, o atendimento odontológico, o atendimento de fisioterapia. Adquirimos as cadeiras odontológicas e os materiais necessários para os demais atendimentos. E a agenda está sempre cheia, isso mostra que esses pacientes não estavam sendo acompanhados e que se tratavam apenas com medicamentos, sendo que na maioria das vezes esse atendimento direto e humanizado é mais eficaz”.

Santos destaca também as melhorias nos atendimentos na Unidade Central. “A homologação da Unidade de Saúde central perante o Ministério da Saúde nos trouxe um incremento de mais de R$ 25 mil mensais para a Secretaria de Saúde, e com isso foi possível ampliar os serviços de psiquiatria, pediatria, entre outras melhorias que conseguimos implantar”.

A atualização dos cadastros também trouxe mais recursos para a Saúde de Fontoura Xavier. “Quando essa Administração assumiu tínhamos cerca de cinco mil pessoas com o cartão nacional do SUS no município. Nós trabalhamos forte com as agentes de Saúde no cadastro das pessoas e hoje temos mais de dez mil cartões, e com isso somamos aproximadamente R$ 80 por cartão por ano em recursos para a Secretaria de Saúde”.

Ele pontua: “Além disso, estamos recebendo mais recursos por produção, visto que agora, com todos cadastrados, os serviços prestados são informados ao Ministério da Saúde e recebemos por isso, o que não ocorria anteriormente. Com isso aumentamos a nossa nota no Previne Brasil que era uma nota dois para seis em apenas três quadrimestres, e com isso também recebemos mais recursos”.

O secretário finaliza: “Esses são alguns dos aspectos que conseguimos melhorar, mas com certeza muito ainda tem que ser feito, e vamos trabalhar para que sempre possamos evoluir”.

Deixe uma resposta

Digite seu comentário
Por favor, informe seu nome

SIGA-NOS

42,064FãsCurtir
11,807SeguidoresSeguir
1,140InscritosInscrever

ÚLTIMAS

error: Alerta: Conteúdo protegido contra cópia. Utilize nossos botões de compartilhar.