Essa matéria é exclusiva para assinantes.

Já sou assinante!

InícioMunicípiosArvorezinhaContratação de monitores é o próximo passo para implantação da Escola Cívico-Militar

Contratação de monitores é o próximo passo para implantação da Escola Cívico-Militar

Foi publicada nesta segunda-feira, 19, no Diário Oficial, a súmula do termo de adesão do Estado à implantação da Escola Cívico-Militar em Arvorezinha e em outras 23 cidades do RS.

O termo de adesão ao termo de cooperação 161/2020 tem por objeto a utilização de servidores reservistas das corporações militares estaduais nas funções de monitor cívico-militar, para atuação na Escola Municipal Cívico-Militar de Ensino Fundamental Orestes de Britto Scheffer, situada no Bairro Nossa Senhora das Graças, para o aprimoramento da cidadania dos alunos da rede pública municipal, em similaridade com as escolas militares da União e do Estado, observadas as disposições do Decreto Federal 10.004/19 e a Lei Estadual 15.401, de 17 de dezembro de 2019.

O prazo de vigência será de 12 meses, a contar da publicação da súmula no Diário Oficial do Estado, podendo haver prorrogações por igual período em havendo recursos destinados especificamente para tal finalidade.

Questionada sobre o início das atividades cívico-militares em Arvorezinha, a secretária de Educação, Sandra Zortea Zat Grando não soube precisar uma data. “Agora dependemos da Brigada Militar, ou seja, daqueles que se inscreveram para ser monitores na escola, e que precisam estar de acordo com a legislação para poder assumir essa função. Só falta isso para o início das atividades”, garantiu.

Já o colaborador da Secretaria da Educação (Seduc) do Estado, Marcelo Borella, explana: “Hoje a publicação no Diário Oficial me autoriza o encaminhamento à Brigada Militar, requerendo que eles abram edital de seleção para esses brigadianos. Para a conclusão de todo esse processo e contratação, deve levar em torno de 30 dias. Feito isso, os brigadianos contratados passarão por um treinamento”, explica.

“A inauguração das 24 Escolas Cívico-Militares deve ocorrer no dia 20 de setembro em um grande evento em Porto Alegre. Queremos até lá estar com tudo pronto para inaugurarmos todas de uma vez só. Após, será avaliada a realização de um ato solene individual, na sede de cada escola”, acrescentou Borella.

Deixe uma resposta

Digite seu comentário
Por favor, informe seu nome

SIGA-NOS

42,064FãsCurtir
11,807SeguidoresSeguir
1,140InscritosInscrever

ÚLTIMAS

error: Alerta: Conteúdo protegido contra cópia. Utilize nossos botões de compartilhar.