Essa matéria é exclusiva para assinantes do jornal digital.

Já sou assinante do jornal digital!

InícioDestaqueDuplicação da BR-386, seus benefícios e desvantagens

Duplicação da BR-386, seus benefícios e desvantagens

Duplicação da BR-386, seus benefícios e desvantagen

Ter uma via duplicada pode gerar divisas de recursos, mas moradores e comerciantes se preocupam com os acessos e com o risco de terem que desocupar a área de domínios.

A duplicação da BR-386 entre Fontoura Xavier e Soledade deve iniciar em 2023, e em 2028 o trecho que liga à Marques de Souza.

Apesar de demorar o início das obras, há que se pensar quais os benefícios e problemas que a duplicação poderá trazer para o município.

Além da duplicação, serão feitas obras de alargamento, travessias de pedestres, adequações de acessos e vias marginais.

Essas obras, sem dúvidas, trarão mais segurança para os motoristas, com boas condições da rodovia e o acesso melhorado novos empreendimentos podem se instalar no município, gerando empregos e renda.

Por outro lado, famílias e estabelecimentos que estão às margens da BR-386 já estão preocupadas com os problemas que irão enfrentar. Famílias que residem às margens da rodovia, na faixa de domínio, já receberam comunicados da concessionária CCR Via Sul informando que deverão deixar a área.

Uma questão que preocupa os comerciantes são os acessos aos estabelecimentos. “Precisamos ter o acesso aos nossos estabelecimentos, pelo projeto que vimos, da Vila Assis até aqui nas tendas não tem um local que tenha acesso lateral. Já estamos em conversação com a CCR e eles nos falaram que tudo será discutido, esperamos que a empresa seja sensível com a nossa situação”, ressalta a presidente da Associação dos Tendeiros, Isabel Prestes.

Isabel ressalta que os tendeiros estão buscando um novo modelo para as tendas. “Já estamos com um projeto pronto para um novo modelo de tendas, nesse projeto também já prevê um recuo, assim saindo da área de domínio da rodovia”.

A empresa, em reunião com o prefeito Luiz Armando Taffarel, garantiu que não irá tomar nenhuma atitude sem conversar com moradores e comerciantes. “Nos reunimos com os representantes da CCR Via Sul e eles nos colocaram que tudo será discutido, e temos mais dois anos para estudar alternativas. Mas, eles nos deixaram tranquilos quanto a situação das famílias e do comércio. Tudo será resolvido da melhor forma para que ninguém seja prejudicado”, conta o prefeito.

Empregos

Na questão de geração de empregos, a concessão da BR-386 foi positiva para Fontoura Xavier. A praça de pedágio e os trabalhos de manutenção da via geraram centenas de empregos e renda ao município. “A geração de empregos sempre é importante, isso traz recursos para o comércio e consequentemente gera divisas ao município”, ressalta Taffarel.

Além dos empregos diretos, a duplicação permitirá que novos empreendimentos se instalem no município, ou que os já existentes possam ser ampliados, visto que o acesso será melhorado consideravelmente.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

Digite seu comentário
Por favor, informe seu nome

SIGA-NOS

42,064FãsCurtir
11,807SeguidoresSeguir
1,140InscritosInscrever

ÚLTIMAS

error: Alerta: Conteúdo protegido contra cópia. Utilize nossos botões de compartilhar.