Essa matéria é exclusiva para assinantes do jornal digital.

Já sou assinante do jornal digital!

InícioDestaqueFamília pede justiça em caso de homicídio

Família pede justiça em caso de homicídio

 

Por Fabiana Borelli

A família de Roque Batista de Miranda, residente no interior de Fontoura Xavier, espera por justiça desde 2020, quando ele foi morto por golpes de faca por um vizinho que ocupava um olho d’água da família, e com a seca daquele ano, a família ofereceu outro ponto de retirada, tendo em vista que estavam ficando sem água.

- Advertisement -

O advogado Robson Lazzari, que é assistente de acusação, fala sobre os fatos. “Este vizinho não recebeu bem a notícia e acabou vitimando Roque, há época com 72 anos, com ao menos sete facadas, em frente à casa da vítima. Na noite do crime, o autor fingiu precisar de gasolina, e quando a vítima o recebeu no portão, o vizinho desferiu os golpes”.

Ele continua: “O autor do fato chegou a ser preso em flagrante, mas foi solto semanas depois em decisão do Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Sul, se beneficiando da pandemia, pois por ser do grupo de risco não poderia ficar em penitenciária, e até hoje está em liberdade”.

O protesto

Na quarta-feira, 11 de maio, familiares e amigos de Roque realizaram um protesto em frente ao Fórum da Comarca de Soledade. E o advogado explica os motivos do protesto. “Até esse momento nenhuma audiência foi marcada. A família se sente injustiçada com a demora do Poder Judiciário, razão pela qual foi feito o protesto”.

Segundo o Lazzari, o protesto surtiu efeito. “No dia do protesto, a assessoria da Vara Criminal disse que na mesma semana seria intimado o autor para responder à acusação, e o processo tomaria seu rumo normal, suspenso em razão da pandemia”.

Ele finaliza: “O inquérito foi finalizado, sendo o acusado indiciado. O MP já ofereceu denúncia e agora a família espera que seja marcada a audiência para oitiva do acusado e testemunhas. Ao final, a família espera por uma sentença que leve o autor a júri popular, por homicídio triplamente qualificado”.

Deixe uma resposta

Digite seu comentário
Por favor, informe seu nome

SIGA-NOS

42,064FãsCurtir
11,807SeguidoresSeguir
1,140InscritosInscrever

ÚLTIMAS

error: Alerta: Conteúdo protegido contra cópia. Utilize nossos botões de compartilhar.