Essa matéria é exclusiva para assinantes.

Já sou assinante!

InícioMunicípiosAnta Gorda"Nós não aplicamos vacinas vencidas"

“Nós não aplicamos vacinas vencidas”

Secretária de Saúde, Andreia Lodi Frighetto, esclarece polêmica

Após notícia vinculada em vários meios de comunicação de abrangência estadual, na sexta-feira, 2, de que pelo menos 26 mil doses vencidas da vacina AstraZeneca foram aplicadas em postos de saúde de 1.532 municípios brasileiros, incluindo Anta Gorda (o único da região), a Secretária de Saúde, Andreia Lodi Frighetto, tentou esclarecer a polêmica.

Conforme os portais, que seguem os dados de registros oficiais do Ministério da Saúde, as doses foram repassadas aos Estados dentro do prazo de validade, mas teriam vencido antes da efetiva aplicação.

Em Anta Gorda, os dados sugerem que um cidadão havia recebido o imunizante vencido. “Nós não aplicamos vacinas vencidas”, ressalta a Secretária de Saúde. “Se aplicarmos qualquer dose fora do prazo de validade, quando lançarmos no sistema ele não aceita, ele acusa”, defende.

“Anta Gorda recebeu o lote 4120Z005 com vencimento em 14 de abril, porém as vacinas foram aplicadas como primeira dose nos dias 28 e 29 de janeiro, e 2 de fevereiro, ou seja, antes do vencimento. Já do lote CTMAV520, que continha 50 doses e vencimento em 31 de maio, aplicamos as vacinas no dia 10 de abril, também antes do vencimento. Eu, como todos os demais secretários dos municípios envolvidos, fiquei bem triste com essa situação, porque sabemos de todo o controle que temos”, frisa.

Ela garante que os cidadãos de Anta Gorda podem ficar tranquilos. “Ninguém recebeu vacina vencida. Acreditamos que seja um erro do sistema do Ministério da Saúde, pois surpresos com as reportagens, a primeira coisa que fizemos na segunda-feira, foi verificar os lotes e ter a certeza que tínhamos aplicado antes do vencimento, o que nos tranquilizou. Todos os profissionais da saúde estão empenhados e assim continuaremos”, pontua.

Anta Gorda já está contemplando a faixa etária de 48/49 anos na vacinação contra a Covid-19, sendo que cerca de 60% da população já foi vacinada, o que reflete na diminuição no número de casos no município.

O Ministério da Saúde informou ainda na sexta-feira, que nenhuma dose vencida de vacina contra a Covid-19 é repassada aos Estados e o Distrito Federal. Acrescentou ainda que o prazo de validade dos imunizantes é rigorosamente acompanhado desde o recebimento até a distribuição.

Segundo o Ministério, os Estados são orientados a distribuírem imediatamente os imunizantes recebidos, sendo obrigação dos gestores locais do Sistema Único de Saúde (SUS) fazer o armazenamento correto e a aplicação das doses dentro do prazo de validade.

Deixe uma resposta

Digite seu comentário
Por favor, informe seu nome

SIGA-NOS

42,064FãsCurtir
11,807SeguidoresSeguir
1,140InscritosInscrever

ÚLTIMAS

error: Alerta: Conteúdo protegido contra cópia. Utilize nossos botões de compartilhar.