Essa matéria é exclusiva para assinantes do jornal digital.

Já sou assinante do jornal digital!

InícioDestaquePrazo final para primeiro título e transferências se aproxima

Prazo final para primeiro título e transferências se aproxima

Por Oneide M. Duarte

Ainda dá tempo de tirar o título pela primeira vez, realizar transferências ou regularizar pendências para votar nas eleições deste ano. Faltam exatamente 04 dias para o fechamento do cadastro eleitoral, que ocorre no dia 4 de maio.

Conforme determina a Lei das Eleições, o prazo é encerrado 150 dias antes do pleito. Nesse período, nenhuma alteração poderá ser efetuada no registro do eleitor, sendo permitida somente a emissão da segunda via do documento.

- Advertisement -

Simples e rápido

Para o chefe substituto do cartório eleitoral de Arvorezinha, Jairo de Jesus, antes de qualquer alteração, é importante que as pessoas que já possuem título verifiquem se há pendências antes de prosseguir. “As pessoas podem nos procurar aqui, que vamos orientar da melhor forma possível” diz Jairo.

Ele acrescenta que a regularização do documento ou a confecção da primeira via, pode ser feita de maneira presencial, junto ao Cartório Eleitoral, de segunda a sexta das 10h às 17h ou pela internet, no portal do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), por meio do sistema Titulo Net. “As pessoas podem nos procurar aqui no Cartório ou então acessar o site www.tre-rs.jus.br, clicar em eleitor e eleições, atendimento virtual, depois selecionar a opção desejada na coluna á direita”, afirma o chefe substituto. Ele explica que  após o processo ser realizado, o eleitor pode baixar em casa o aplicativo e-Título e ter de forma digital o documento ou optar por imprimir o documento

Fake News

Jairo de Jesus chama a atenção para as falsas noticias que estão circulando pela região, onde segundo uma  fake  news, pessoas com mais de 70 anos estariam perdendo o direito de votar. “Isso não é real, isso não existe. A pessoa adquire o direto de votar, sendo facultativo dos 16 aos 18 anos e obrigatório dos 18 aos 70 anos, após essa idade o voto passa a ser facultativo”, afirma.

Jovens estão mais interessados na política

Segundo observado pelo chefe do Cartório Eleitoral, é perceptível o número de jovens que tem procurado o cartório ou acessado o portal do TRE, para a confecção da primeira via. “A gente percebeu um crescimento, um engajamento bom dos jovens em votarem nessas eleições, e isso é bom”, diz.

Porém ele chama atenção que a não confecção do título, e não votação a partir dos 18anos pode complicar a vida do cidadão. “É importante ter o documento atualizado, pois ele facilita o direito civil do cidadão, como tirar o passaporte ou se inscrever em concurso público ou ainda se inscrever numa faculdade, por exemplo, por isso é fundamental estar em dia com a Justiça Eleitoral”,  afirma.

Opinião dos jovens

Para o jovem João Paludo, 16 anos, aluno do segundo ano de contabilidade, o Titulo Eleitoral é sinônimo de democracia. “Eu fiz meu Título Eleitoral ainda em novembro do ano passado, acredito que assim eu posso escolher um candidato que possa fazer algo pelo meu país, e isso é democracia” diz o jovem que sempre gostou de política.

Já Maieli de lima, 17 anos, também aluna do ensino médio, afirma não se importar por política. “Não pretendo fazer o título logo, pois não gosto de política, minha família não é ligada a política e por isso acho que não é o momento certo, ainda não estou preparada para esse momento”, afirma a jovem.

Deixe uma resposta

Digite seu comentário
Por favor, informe seu nome

SIGA-NOS

42,064FãsCurtir
11,807SeguidoresSeguir
1,140InscritosInscrever

ÚLTIMAS

error: Alerta: Conteúdo protegido contra cópia. Utilize nossos botões de compartilhar.