Essa matéria é exclusiva para assinantes do jornal digital.

Já sou assinante do jornal digital!

InícioMunicípiosAnta GordaSem projetos, sessão registrou explanação dos vereadores na tribuna

Sem projetos, sessão registrou explanação dos vereadores na tribuna

Alvimar Tremea, Cirio Francisco de Freitas, Tiago Toldo e Volmir Ferrari se manifestaram sobre assuntos diversos

A noite da segunda-feira, 12, registrou mais uma sessão ordinária do Poder Legislativo de Anta Gorda, a qual teve em pauta apenas a proposição de indicação 019/2021, de autoria do vereador Tiago Toldo, solicitando ao Poder Executivo que disponibilize a instalação de lixeiras do tipo container em pontos estratégicos da cidade para facilitar a coleta, pois ao invés de aglomerar os sacos para o caminhão recolher, o lixo seria recolhido de uma só vez, não ficando espalhado pelas ruas, onde em dias de chuva pode entupir bocas de lobo, ou ser espalhado pelos animais.

Grande expediente

No grande expediente manifestaram-se os vereadores Alvimar Tremea, Cirio Francisco de Freitas, Tiago Toldo e Vomir Ferrari.

Tremea inicialmente parabenizou as ações de coleta de lixo no município. “É um exemplo bonito, mas ao mesmo tempo é o momento de fazer um alerta à toda a comunidade. Que tenhamos a responsabilidade de fazer a nossa parte jogando o lixo no lixo”, frisou. “Para complementar, já me reportei aqui sobre a questão do prédio antigo da Madeborg, e é inimaginável o que encontrei naquele arroio, onde há ‘caminhonadas’ de madeiras e entulhos de lixo, fora o que a enxurrada já levou”, acrescentou.

Ao explanar sobre o prédio antigo da Madeborg, ele salientou a importância da sua demolição, mas também sobre a necessidade da preservação de outros espaços históricos no município, para que não cheguem à mesma situação. “O Moinho Dallé, a Casa Martelli, a casa de Leocir Goldoni, a casa da Família Spadin, no Monte Grapa, e tantos outros pontos, precisamos ir de encontro dessas pessoas para manter vivas essas histórias, para que não delapidem esses patrimônios, para que não aconteça o que está acontecendo com a antiga madeireira Madeborg”, destacou.

Tremea ainda abordou: “Me coloquei à disposição para fazer um levantamento das capelas e capiteis das paróquias do município, bem como das grutas e símbolos religiosos, para fins de documentação e divulgação. Por isso, faço um apelo que as comunidades realizem a higienização destes locais”, pediu.

Ele finalizou sugerindo a readequação da lei orgânica e regimento interno da Câmara de Vereadores. “Precisamos torna-los mais adaptáveis à nossa realidade”, declarou.

Em sua vez na tribuna, o vereador Cirio Francisco de Freitas, o “Cirio Cigano”, explanou sobre os trabalhos da Secretaria de Obras. “Visitei o secretário Joel Andreolli e o parabenizei pelo trabalho realizado ao lado da capela mortuária São Jorge, na Linha Borghetto, onde em dias de chuva se formava uma lagoa e era impossível de pedestres transitarem. Também o parabenizei pelo trabalho realizado na ponte dos Cavagnoli, reforçando a cabeceira que estava com parte dela caída e prestes a ruir o restante. No local foi feita uma viga, mas a ponte está ultrapassada e o Poder Público, logo que tiver condições, deverá construir uma nova, pois empresas estão se instalando naquela localidade e carretas estão transitando por ali. A situação da ponte está bastante precária”, pontuou.

Já o vereador Tiago Toldo usou a tribuna para falar da sua viagem a Brasília, junto ao vereador Volmir Ferrari, ao vice-prefeito Robledo Andreoli e ao prefeito Francisco Frighetto, sendo que no dia 26 de junho foram convidados para uma audiência com o ministro Onix Lorenzoni. Ainda, na terça-feira, 29, tiveram a oportunidade de serem recebidos pelo presidente Jair Bolsonaro, além de visitar gabinetes de deputados e senadores em busca de emendas.

“Chegamos cedo em Brasília na terça-feira, 29, sendo que a audiência era na primeira hora da tarde. Fomos recebidos pelo ministro Onix, o qual tenho a certeza que nos ouviu e vai atender algumas das nossas demandas. Ainda na terça-feira, o ministro nos conduziu ao presidente, foram poucos minutos, mas conseguimos ter um diálogo, fomos vistos e ouvidos por ele, afinal, acima de tudo o que levamos nessa viagem foram os interesses da nossa comunidade”, conta.

Toldo seguiu relatando: “No dia seguinte visitamos o senado, agradecemos o senador Luiz Carlos Heinze pelo rolo compactador e o senador Lasier Martins pelas emendas destinadas em anos passados para Anta Gorda. Quero ainda citar em especial a visita ao gabinete do deputado Marcelo Brum, que deve visitar nosso município e destinar emendas, sendo uma delas para um pedido de minha autoria, para a construção e reconstrução de pontilhões”, salientou ao concluir: “A viagem foi de muita valia e quem não é visto não é lembrado. Fizemos muitos e bons contatos lá e com certeza os frutos virão”, enalteceu.

O último a ir à tribuna foi o vereador Volmir Ferrari. “Nossa viagem a Brasília foi proveitosa. Fomos muito bem recebidos. Tivemos uma conversa com a ministra da Agricultura Tereza Cristina, para a qual levei uma carta explanando a dificuldade que nossos pequenos agricultores enfrentam em produzir alimentos. Pedi a ela que olhasse com bons olhos para essa classe que está desaparecendo. Ela ouviu a leitura e disse que entregaria a carta ao presidente”, conta. “Também visitamos os gabinetes de dois senadores e passamos em 14 gabinetes de deputados, mas fomos recebidos pessoalmente por nove, onde entregamos as demandas no nosso município”, acrescentou.

Ele encerrou divulgando as despesas da viagem. “Nossa despesa com diária de hotel foi de R$ 253,08; o almoço da terça-feira, 29, foi de R$ 88,30; e o jantar de R$ 25,90. No dia 29 paguei o táxi de ida e volta ao Palácio do Planalto, sendo que na ida gastamos R$ 19 e na volta R$ 20. Na quarta-feira, 30, entramos no Senado Federal e na Câmara dos Deputados às 9h da manhã e não saímos de lá, tendo a despesa somente com o jantar, de R$ 25,90. Já na quinta-feira, 1º, nosso gasto com almoço foi de R$ 31. Tudo isso totalizou R$ 460,18”, informou.

O presidente do Legislativo, Paulo Cesar Bettoni, antes de encerrar o grande expediente, comentou: “Nós extinguimos diárias na legislatura passada, são pagas somente as despesas em viagens, a fim de economizar dinheiro público”, disse ao concluir agradecendo ao deputado Gilberto Capoani pela destinação de R$ 150 mil ao hospital, e sugerir que sejam feitas campanhas com folders para que todos os anos seja realizada a coleta de lixo nas beiras de estradas, bem como para conscientização da população.

Deixe uma resposta

Digite seu comentário
Por favor, informe seu nome

SIGA-NOS

42,064FãsCurtir
11,807SeguidoresSeguir
1,140InscritosInscrever

ÚLTIMAS

error: Alerta: Conteúdo protegido contra cópia. Utilize nossos botões de compartilhar.