Essa matéria é exclusiva para assinantes do jornal digital.

Já sou assinante do jornal digital!

InícioDestaqueSTR e sua luta pelos direitos dos trabalhadores

STR e sua luta pelos direitos dos trabalhadores

Uma entidade que valoriza o trabalhador e defende seus interesses

Por Manoela Alves

 

No próximo domingo, 1° de maio, é o Dia do Trabalhador, um dia marcado pela luta para garantir os direitos dos trabalhadores de todas as classes. O Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STR) sempre esteve à frente desta luta, principalmente quando ninguém olhava pelo trabalhador do campo, que é a base da economia do país.

- Advertisement -

O presidente do STR de Itapuca, Renato Comerlato, explana que o objetivo principal do STR é defender os direitos de seus trabalhadores e trabalhadoras do campo. “Nós buscamos preservar os interesses dos trabalhadores rurais e defender os seus direitos. Cuidar do agricultor, independente do tamanho de sua propriedade e do ramo de atividade, seja a lavoura ou a pecuária, o extrativismo vegetal, a pesca ou a exploração florestal. Estamos na luta para buscar motivos para o agricultor associar-se ao STR, pois daremos o real e importante interesse aos nossos associados”.

Renato ainda afirma que para valorizar os seus trabalhadores, o STR precisa trabalhar de forma séria e transparente, ofertando as melhores condições aos seus associados.

Mesmo iniciando esta caminhada à frente do sindicato a pouco tempo, o presidente tem a ciência de que é preciso trabalhar pelo melhor, não deixando se perder todos os direitos já adquiridos ao longo dos anos.

“Não é de um dia para o outro que conseguiremos reerguer algo que estava desativado, por isso não queremos perder o que já foi conquistado, afinal, nosso bem maior é o associado, o trabalhador. Precisamos entender as dificuldades de cada um e buscar uma forma de auxiliar cada um que nos procurar”, continua.

A força do STR vem de cada homem e mulher que é associado à entidade e todos aqueles que iniciaram esta luta, pelos direitos dos trabalhadores. “Nós damos voz para a categoria e garantimos que seus direitos sigam preservados. Hoje, eu posso falar pelo STR de Itapuca, o que queremos é escrever uma história de conquistas e, sem o associado, sem o trabalhador do campo, isso não é possível. Eu aqui dentro não faço por mim, eu faço por todos, para construir laços duráveis com associados, amigos e clientes, para restabelecer a confiança que um dia pode ter sido quebrada”, declara Renato.

“Quero aproveitar a data do dia 1° que se aproxima, para agradecer a todos os trabalhadores, de todas as categorias e classes, pois este dia representa a nossa luta e o sindicato é a linha de frente do trabalhador. Quero agradecer a todos os agricultores de Itapuca que estão confiando no nosso trabalho, assim como parabenizar os nossos trabalhadores, uma classe que precisa ser valorizada e lembrada não apenas um dia por ano”, finaliza.

Deixe uma resposta

Digite seu comentário
Por favor, informe seu nome

SIGA-NOS

42,064FãsCurtir
11,807SeguidoresSeguir
1,140InscritosInscrever

ÚLTIMAS

error: Alerta: Conteúdo protegido contra cópia. Utilize nossos botões de compartilhar.