Essa matéria é exclusiva para assinantes do jornal digital.

Já sou assinante do jornal digital!

Ti Ti Ti

O que vem por aí?

Essa é uma pergunta que muita gente está se fazendo e ilustra a incerteza do momento. Os protestos do dia 7 de setembro parecem ser só o começo do que está para acontecer no Brasil. Os caminhoneiros, maioria bolsonaristas, aproveitam-se da onda gerada pela mobilização para paralisar o trânsito nas principais vias do País, e com isso, gerar a pressão que consideram necessária para mudar a conformação do STF. Eles querem pelo menos o afastamento de Alexandre de Moraes, mas está na pauta o fechamento do STF e uma mudança na forma de escolha dos ministros.  A ação, que ainda é embrionária e no fechamento desta edição já registrava paralizações em 14 Estados, tem o potencial de gerar um gravíssimo estrago na economia, que ensaiava uma recuperação após o período mais duro da pandemia. Qual será o custo para o Brasil destas ações? Só o tempo dirá.

Reações

Após os manifestos de 7 de setembro, os líderes dos poderes se manifestam de forma muito diferente. Fux levanta o tom e diz que ninguém fecha o STF, e que descumprir as decisões do Judiciário é um ato antidemocrático. O presidente da Câmara dos Deputados, Artur Lira, diz que é hora de pacificar, de parar com as bravatas e trabalhar pelo País, e Bolsonaro diz que não vai recuar. O presidente estica a corda ao máximo, e mesmo tendo entregado os anéis e os dedos para o centrão, não para de desafiar o Judiciário e de causar nas redes sociais.

Bolsonaro estará na Expointer

Neste próximo sábado o presidente Bolsonaro estará em Esteio participando da Expointer 2021. As previsões são de que um grande número de apoiadores do presidente deverá marcar presença no evento, não pelo evento em si, mas para manifestar apoio e se aproximar do presidente.

Três dias de festa

O aniversário do presidente da Câmara de Vereadores de Arvorezinha, Clóvis Roman (PSDB) foi uma das atrações do final de semana na cidade. Em sua residência, o presidente recebeu o abraço de muitos amigos e apoiadores da cidade e da região. Dois deputados do PSDB estiveram participando e parte dos colegas vereadores também. Porém, a ausência de alguns ex-companheiros de campanha e de partido foi observada. Nos três dias de comemorações, que iniciaram na sexta e só acabaram no domingo, a residência sempre esteve movimentada. O que indica a popularidade de Clóvis.

Às vezes é preciso rir da situação

Certo vereador teima em ter atitudes infantis dentro do parlamento, falando o que quer e debochando dos demais colegas, mas na última sessão ele não achou muito engraçado o que lhe esperava no final. Dizem que ele precisou sair correndo e se esconder dentro do seu carro para não apanhar de algumas pessoas que estão cansadas das suas atitudes de criança.

Incentivo negado

Em Nova Alvorada essa semana o assunto foi novamente a rejeição ao incentivo à empresa Basso Pancotte por conta de alguns membros do Legislativo. A decisão dos vereadores surpreendeu, especialmente porque Nova Alvorada tem por tradição incentivar a todos os empreendedores que investem e geram emprego e renda na cidade, independente de tamanho ou de vinculação político partidária. Exemplo disso, é que na gestão anterior o prefeito Luciano pagou os incentivos previstos em lei para a empresa Gold Brasil. A postura dos vereadores que reprovaram o projeto tem sido questionada por pessoas de todos os partidos, que ainda mantém o bom senso e o discernimento do certo e do errado.

Segue trabalhando

Enquanto uma bancada inteira de oposição se une contra um projeto importante, a Administração de Nova Alvora busca ainda mais ver o crescimento dos empreendedores. O prefeito Edilson está sempre buscando oferecer oportunidades de desenvolvimento para quem quer investir em Nova Alvorada.

 Vandalismo

São vergonhosos os furtos e vandalismos que têm acontecido no cemitério de Fontoura Xavier. O respeito aos mortos é sinônimo de civilidade e educação. É louvável a postura da Administração em fazer a melhoria do local para tentar coibir os furtos.

 Saúde

A Saúde em Fontoura Xavier está evoluindo de forma surpreendente, com certeza ninguém imaginava que em tão pouco tempo haveriam tantas melhorias. O investimento comparado com o mesmo período do ano passado foi bem maior, o que permitiu a contratação de mais profissionais, e a ampliação de serviços. Hoje todos os Postos de Saúde do interior oferecem serviços odontológico, fisioterápicos e marcação de exames.  Pode parecer pouco, mas para quem mora nas comunidades mais longínquas faz toda a diferença.

Entre a política e a profissão

O prefeito de Putinga Paulo Lima se vira nos trinta para dar conta da demanda de trabalho. Enquanto discursava na tribuna durante a última sessão na Câmara, estava de plantão no Hospital e recebeu um chamado, ao qual, ao concluir rapidamente sua fala, foi atender.

Cortes x Piso

O prefeito Paulo Lima foi à Câmara e anunciou diversas mudanças e cortes na área da saúde e destacou a falta de orçamento para cumprir com estas obrigações e com outras ligadas a incentivos a empresas. Porém, na próxima sessão deverá entrar em pauta um projeto para pagar o piso dos professores retroativo a janeiro de 2021. Ainda não foi divulgado qual será o impacto financeiro desta medida, mas tudo indica que vai dar o que falar. Porém, na última sessão a oposição entrou muda e saiu calada, ninguém contestou nenhuma medida. Relembrando que o pagamento do piso aos professores foi um dos pivôs dos atritos entre Lima e Possebon no passado.

 Carta do Bolsonaro

Depois de se reunir com o ex-presidente Michel Temer, o presidente Jair Bolsonaro divulgou no final da tarde de quinta-feira, dia 09 de setembro, uma Carta à Nação em que afirma que “Nunca teve nenhuma intenção de agredir quaisquer dos Poderes. A harmonia entre eles não é vontade minha, mas determinação constitucional que todos, sem exceção, devem respeitar”.

O presidente diz que boa parte das divergências decorrem de conflitos de entendimento acerca das decisões adotadas pelo ministro Alexandre de Moraes no âmbito do inquérito das fake news, e reconhece que na “vida pública as pessoas que exercem o poder, não têm o direito de “esticar a corda”, a ponto de prejudicar a vida dos brasileiros e sua economia”.

Íntegra do texto

Declaração à Nação

No instante em que o país se encontra dividido entre instituições é meu dever, como Presidente da República, vir a público para dizer:

  1. Nunca tive nenhuma intenção de agredir quaisquer dos Poderes. A harmonia entre eles não é vontade minha, mas determinação constitucional que todos, sem exceção, devem respeitar.
  2. Sei que boa parte dessas divergências decorrem de conflitos de entendimento acerca das decisões adotadas pelo Ministro Alexandre de Moraes no âmbito do inquérito das fake news.
  3. Mas na vida pública as pessoas que exercem o poder, não têm o direito de “esticar a corda”, a ponto de prejudicar a vida dos brasileiros e sua economia.
  4. Por isso quero declarar que minhas palavras, por vezes contundentes, decorreram do calor do momento e dos embates que sempre visaram o bem comum.
  5. Em que pesem suas qualidades como jurista e professor, existem naturais divergências em algumas decisões do Ministro Alexandre de Moraes.
  6. Sendo assim, essas questões devem ser resolvidas por medidas judiciais que serão tomadas de forma a assegurar a observância dos direitos e garantias fundamentais previsto no art. 5º da Constituição Federal.
  7. Reitero meu respeito pelas instituições da República, forças motoras que ajudam a governar o país.
  8. Democracia é isso: Executivo, Legislativo e Judiciário trabalhando juntos em favor do povo e todos respeitando a Constituição.
  9. Sempre estive disposto a manter diálogo permanente com os demais Poderes pela manutenção da harmonia e independência entre eles.
  10. Finalmente, quero registrar e agradecer o extraordinário apoio do povo brasileiro, com quem alinho meus princípios e valores, e conduzo os destinos do nosso Brasil.

Jair Bolsonaro

Presidente da República Federativa do Brasil

Deixe uma resposta

Digite seu comentário
Por favor, informe seu nome

SIGA-NOS

42,064FãsCurtir
11,807SeguidoresSeguir
1,140InscritosInscrever

ÚLTIMAS

error: Alerta: Conteúdo protegido contra cópia. Utilize nossos botões de compartilhar.