Essa matéria é exclusiva para assinantes do jornal digital.

Já sou assinante do jornal digital!

InícioDestaqueUma grande oportunidade

Uma grande oportunidade

A região não aguenta mais ser tratada com tanto descaso. São obras paradas há anos, promessas não cumpridas, estruturas precárias. Não há dúvidas de que na região há um grande potencial turístico e socioeconômico, mas há também muitos entraves.

Neste sábado, dia 21 de agosto, os prefeitos da região irão se reunir mais uma vez, porém, desta vez contarão com o privilégio da visita do vice-governador, o delegado de polícia Dr. Ranolfo Vieira Junior e do secretário de Turismo e deputado licenciado Ronaldo Santini, ambos do PTB, pelo menos por enquanto.

Esta será uma oportunidade ímpar para os gestores da região abordarem de forma séria, prática e objetiva os problemas e necessidades da região.

Entre os principais problemas está a insustentável situação da ERS 332, que está (teoricamente) sendo recuperada com investimentos que superam os R$ 11,5 milhões de reais (trecho de Doutor Ricardo a Soledade), onde mal a empresa conclui um trecho de recuperação e os buracos já começam a brotar na via, fruto da péssima qualidade do trabalho realizado. Mais detalhes deste assunto, na matéria publicada nesta edição.

É importante também olhar para as condições do trecho entre Doutor Ricardo e Encantado, este recapeado no ano passado e que não deverá receber mais investimentos neste ano. A estrada está precária e não é só por falta de investimentos, mas principalmente pela péssima qualidade das obras de recuperação realizadas e pela má gestão dos recursos.

Outro trecho recém recuperado e que já apresenta problemas é a ERS 435, que liga Ilópolis a Putinga. Tanto este trecho como o entre Encantado e Doutor Ricardo, após terem sido ‘recuperados’, não foram mais devidamente sinalizados e também não receberam roçadas e limpezas.

De nada adianta falar bonito, ressaltar o potencial turístico da região, que sim todos sabem que é maravilhosa, sem estradas de qualidade, sem estrutura mínima e segurança. Tudo acaba ficando muito restrito. Afinal, não são todos os turistas que apreciam esportes radicais como subir morros de rapel.

Segundo o presidente do G 17, o prefeito de Dr. Ricardo, Álvaro Giacobbo, o objetivo da visita do vice-governador e do secretário é conhecer um pouco mais a região, o seu potencial turístico e ouvir os prefeitos, que deverão apresentar seus projetos na área do turismo nesta oportunidade, visando conquistar aportes financeiros para as obras. Além é claro, de estreitar os laços com as lideranças da região, tendo em vista a eleição que se aproxima.

A qualificação da mão de obra, para que a região esteja preparada para atender aos turistas com a qualidade necessária, também é outro entrave. A disponibilidade de bons cursos de formação na área turística poderá fazer toda a diferença na região e também é uma demanda importante.

A região precisa do apoio e do comprometimento das lideranças estaduais para solucionar os seus problemas, precisa de investimentos de recursos e de oferecer a oportunidade de qualificação da mão de obra local, só assim, poderá desenvolver de forma plena todo o seu potencial e promover verdadeiramente o tão sonhado desenvolvimento sustentável.

 

Deixe uma resposta

Digite seu comentário
Por favor, informe seu nome

SIGA-NOS

42,064FãsCurtir
11,807SeguidoresSeguir
1,140InscritosInscrever

ÚLTIMAS

error: Alerta: Conteúdo protegido contra cópia. Utilize nossos botões de compartilhar.