InícioDestaquePainel da vacinação Covid-19 traz novos dados detalhados das coberturas por idade...

Painel da vacinação Covid-19 traz novos dados detalhados das coberturas por idade no RS

O site do monitoramento da vacinação contra a Covid-19 no RS – acessado em vacina.saude.rs.gov.br – passa a informar, a partir desta quinta-feira 5 de agosto, atualização com um novo gráfico que detalha a cobertura por faixa etária para o Estado e para cada um dos 497 municípios.

Será possível ter um panorama mais claro do avanço da campanha por idade nas cidades e o percentual da população que ainda precisa ser imunizada.

O detalhamento é feito com a informação da parcela da população já vacinada com ao menos uma dose (primeira de duas doses ou dose única) e esquema vacinal completo (duas doses recebidas ou dose única). Por meio desse novo gráfico, se pode observar que faixas etárias acima dos 35 anos estão com mais de 80% da população com ao menos uma dose recebida.

Estimativas populacionais

Os números de habitantes do Estado e dos 497 municípios são baseados nas estimativas informadas pelo Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde (Datasus), do Ministério da Saúde, que utiliza projeções do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

No caso da campanha da Covid-19 deste ano, são usadas as estimativas de 2019 (que é a mais recente) utilizadas pelo Tribunal de Contas da União, disponível para consulta em datasus.saude.gov.br/populacao-residente.

Nesses números são disponibilizados em recortes de idade de cinco em cinco anos. Por isso o gráfico tem como primeiro grupo as crianças e adolescentes dos 10 aos 14 anos, embora neste momento da campanha a faixa dos 12 aos 17 anos ainda seja restrita ao público com comorbidades.

Estudo de ajustes na distribuição de doses

A Secretaria da Saúde (SES) busca corrigir eventuais distorções na distribuição de doses das vacinas contra a Covid-19.

“Trabalhamos com estimativas populacionais que, muitas vezes, não correspondem, na vida real, à população que se vacina efetivamente em cada cidade. Queremos seguir distribuindo as vacinas da forma mais equânime e uniforme possível, levando em consideração, por exemplo, a maior população que municípios do Litoral recebem no verão e da Serra, no inverno”, afirma a diretora do Centro Estadual de Vigilância em Saúde, Cynthia Molina Bastos.

Os novos critérios já foram adotados para a distribuição de doses realizadas nesta semana. De acordo com um estudo realizado pela SES, municípios que estejam vacinando pessoas em torno dos 40 anos ou menos possivelmente não estejam com déficit de doses.

“Existem estratégias diferentes em cada município, por isso alguns conseguem atingir faixas etárias mais baixas, enquanto outros conseguem atingir um índice maior na segunda aplicação, por exemplo”, explica a secretária adjunta da SES, Ana Costa.

Para chegar em um cálculo justo de rateio, os 497 municípios foram separados em quatro categorias, de acordo com o porte populacional, e foi calculada uma média porcentual das coberturas vacinais. Os municípios que ficaram abaixo da média recebem doses para equalizar a diferença.

Fonte: Secom

Deixe uma resposta

Digite seu comentário
Por favor, informe seu nome

SIGA-NOS

42,064FãsCurtir
11,807SeguidoresSeguir
1,140InscritosInscrever

ÚLTIMAS

error: Alerta: Conteúdo protegido contra cópia. Utilize nossos botões de compartilhar.