InícioMunicípiosArvorezinhaArvorezinha participa do Encontro Nacional de Bombeiros Voluntários

Arvorezinha participa do Encontro Nacional de Bombeiros Voluntários

Representantes de corporações de diversos municípios gaúchos, de Santa Catarina e outros Estados, estão participando de um evento neste final de semana em Garibaldi, com debates, workshops internacionais e mostra de equipamentos 

Neste final de semana, o 9º Encontro Nacional de Bombeiros Voluntários (ENBOV) vai movimentar Garibaldi, com representantes de corporações de dezenas de cidades gaúchas e de Santa Catarina, além de outros Estados. A movimentação ocorrerá hoje e amanhã (dias 16 e 17), nos pavilhões do parque da Fenachamp – Rodovia VCR 813, s/nº – São Miguel, Garibaldi – RS, 95720-000.

A programação terá painéis com atualizações sobre as legislações federais, estaduais e dos municípios sobre a atuação das unidades voluntárias, além de mostra de tecnologias e equipamentos. A promoção é da Associação de Bombeiros Voluntários do Estado do Rio Grande do Sul (VOLUNTERSUL) e da Associação Corpo de Bombeiros Voluntários de Garibaldi. A iniciativa tem o apoio da Confederação Nacional dos Bombeiros Voluntários (CONABOV), Associação dos Bombeiros Voluntários no Estado de Santa Catarina (ABVESC), Prefeitura de Garibaldi e Fisul.

O evento também contará com uma série de workshops com instrutores de corporações voluntárias de Portugal (onde 100% dos corpos de bombeiros do país são voluntários) e Venezuela, além do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e de especialista de São Paulo e da Bahia. Os temas vão desde atualizações no atendimento a incêndios em veículos (incluindo elétricos e movidos a gás natural) e emergências industriais, até novas tecnologias em equipamentos de proteção respiratórias e atualizações em controle de hemorragias (com certificação internacional pelo American College of Surgeons). Sem falar na palestra motivacional Uma vida sem perna, sem braços e sem limite, com Tiago Linck (confira a programação abaixo).

DISPUTA ENTRE EQUIPES

O segundo dia de programação terá ainda o Desafio Nacional de Bombeiros Voluntários, a partir das 13h30. No caso, uma competição entre equipes, em um circuito com obstáculos e situações inspiradas no dia a dia do atendimento a emergências dos mais variados tipos. A participação no Desafio é exclusiva para membros de corporações filiadas a VOLUNTERSUL ou CONABOV.

“No entanto, todo o restante da programação é aberto também a bombeiros civis (de prefeituras e de empresas privadas), socorristas de concessionárias de pedágios, enfermeiros, técnicos em enfermagem e outros interessados”, destaca o presidente da VOLUNTERSUL, Anderson Jociel da Rosa. 

130 ANOS DE TRADIÇÃO  

Segundo Anderson, além da atualização técnica, o ENBOV tem como objetivo a confraternização entre as unidades voluntárias, além de discutir temas jurídicos, técnicos e de políticas para a atividade dos bombeiros voluntários. “No Rio Grande do Sul, as corporações voluntárias estão presentes de maneira ininterrupta desde 1977, com a criação do corpo de bombeiros Voluntários de Nova Prata. Depois, vieram as corporações de Garibaldi (1978) e diversas outras, como Nova Petrópolis, São Sebastião do Caí, Igrejinha, Rolante, Picada Café, Soledade”, ressalta o dirigente.

Em Santa Catarina, o modelo de unidades surgidas e mantidas pelo esforço comunitário é ainda mais antigo. Uma tradição de 130 anos – a partir da fundação do corpo de bombeiros Voluntários de Joinville, em 1892 e que é uma das maiores corporações de bombeiros do País (entre unidades militares e civis).

Atualmente, no Rio Grande do Sul são 51 unidades voluntárias, que contam com 257 viaturas. “Estas unidades, no ano passado, atenderam a 30.182 atendimentos, entre acidentes de trânsito, incêndios, resgates, casos clínicos, acidentes domésticos e outras ocorrências”, lembra Anderson. Já os catarinenses têm 31 corporações voluntárias, que somaram mais de 73 mil atendimentos em 2021, segundo a ABVESC. “O que demonstra a importância histórica desse tipo de serviço.”

As corporações de bombeiros voluntários são como as unidades militares. Porém compostas apenas por pessoal civil e com os quadros preenchidos por pessoas da comunidade que prestam serviços voluntários como plantonistas. Estas são treinadas durante pelo menos um ano para atenderem ocorrências que vão desde combate a incêndios até acidentes de trânsito e toda a gama de emergências que ocorrem em suas cidades. 

As corporações funcionam como entidades do terceiro setor, possuem viaturas próprias e são mantidas por suas comunidades. As unidades maiores contam também com um número mínimo de pessoal pago, para se garantir por exemplo, que haja sempre motorista habilitado e treinado para conduzir e manter em dia as viaturas maiores, além e administrar o cotidiano de suas unidades.       

 

PROGRAMAÇÃO DO 9º ENBOV

16 de julho 2022 – Sábado:

8 horas – Credenciamento;

9 horas – Abertura dos Trabalhos com Coordenador Geral do 9º ENBOV;

9h10min – Leonardo Clément – Primeiros socorros X APH;

10 horas – Coffe Break;

10h30min – Ato solene Oficial do 9º ENBOV;

11h45min – Almoço;

13h30min – Apresentação CBV Garibaldi e Voluntersul;

14 horas – Rool Bert Escalona – Equipamentos autônomos  de proteção respiratória;

15 horas – Igor Arahon Schwingel – Planos de ação, sua alta influência nas operações de resgate;

16 horas – Coffe Break;

16h30min – Claúdio Galante – Emergências Tecnológicas;

17h30min – Mário Ferreira – Combate a incêndio veicular (combustão, GNV e híbridos);

18h30min – Tiago Linck – Uma vida sem perna, sem braços e sem limite;

19h30min – Carta de Garibaldi;

19h45min – Encerramento;

21 horas – Jantar “Confraria dos Bombeiros Voluntários”;

 

17 de julho 2022 – Domingo:

8 horas – Credenciamento;

8h30min – 11h30min – WORKSHOPs:

 

PALESTRANTES:

Nome: Mário Ferreira

Tema: Combate a incêndio Veicular (Combustão, GNV e Híbridos).

Nacionalidade: Portugal Currículo reduzido: Sub Chefe de 1ª Classe – Regimento de Sapadores Bombeiros de Lisboa – POR; 25 anos de atuação como bombeiro; Formador na área de combate a incêndios urbanos, industriais, e em veículos; Formador Flashover nível 1 e 2; Formador Conteiner Fire Behaviour Trainning;

 

Nome: Leonardo Clément

Tema: Primeiros Socorros X APH.

Nacionalidade: Brasil/Bahia

Currículo reduzido: Médico, formado pela escola Bahiana de medicina e saúde pública; Diretor do Instituto de APH – IBRAPH; Plantonista e responsável técnico pelo posto de Atendimento Pré-Hospitalar do aeroporto internacional de Salvador;

Atuação no SAMU 192, resgate rodoviário e APH em área industrial;

 

Nome: Rool Bert Escalona

Tema: Equipamentos Autônomos de Proteção Respiratória.

Nacionalidade: Venezuela

Currículo reduzido: Bombeiro Voluntário Venezuela, Especialista em materiais perigosos e explosivos, além de uma trajetória de mais de 29 anos em atendimento a emergências e desastres, Corpo de Bombeiros e membro de A Federação Bolivariana de Bombeiros da Venezuela; pertence a Sociedade Venezuelana de Medicina de Emergências e Desastres, e Associação Venezuelana de Especialistas em Pesquisa de Incêndios e Explosões;

 

Nome: Claúdio Galante

Tema: Emergências Tecnológicas.

Nacionalidade: Brasil/São Paulo

Currículo reduzido: Trabalha a mais de 27 anos na área de Emergências e formações. Instrutor Pro Board Nível l e ll do curso NFPA 1041; Instrutor da Texas A & M University da Escola de Bombeiros em Espanhol curso Hazmat ;Instrutor da Williams no Curso X-treme na Texas A & M University Bombeiros Indústrias ; Instrutor da TTCI-Sert Colorado-USA; Instrutor da Escola Nacional de Bombeiros de Portugal ENB; Diretor do Dinos Group Associação Brasileira de Profissionais de Emergência ;

Membro atuante de várias comissões da ABNT; Membro NFPA desde 1996;

 

Nome: Tiago Linck

Tema: Motivacional.

Nacionalidade: Brasil/Rio Grande do Sul

Currículo reduzido: É considerado um dos palestrantes motivacionais mais jovem do Brasil, já tendo impactado milhares de pessoas em vários estados, desde 2017; 

 

Nome: Igor Arahon Schwingel

Tema: Planos de ação, sua falta influência nas operações de resgate.

Nacionalidade: Brasil/Santa Catarina

Currículo reduzido: Asesor Organização Mundial de Resgate; Membro do Comitê de Educação e desenvolvimento de Resgate Veicular; Bombeiro Voluntário em Concórdia –SC há 20 anos;

Deixe uma resposta

Digite seu comentário
Por favor, informe seu nome

SIGA-NOS

42,064FãsCurtir
11,807SeguidoresSeguir
1,140InscritosInscrever

ÚLTIMAS

error: Alerta: Conteúdo protegido contra cópia. Utilize nossos botões de compartilhar.