InícioDestaque1ª Missão Técnica do Arranjo Produtivo Local Alimentos e Bebidas VT

1ª Missão Técnica do Arranjo Produtivo Local Alimentos e Bebidas VT

Roteiro de visitas foi realizado na quarta-feira, 04 de maio

O grupo formado por empresários do Arranjo Produtivo Local Alimentos e Bebidas Vale do Taquari e apoiadores visitou  a Unimed Central RS em Canoas, na região Metropolitana de Porto Alegre para conhecer o projeto criado há 20 anos, o Centro de Compras. No local, existe uma equipe que atende às demandas de 27 Unimeds filiadas, e tem como um dos focos a compra de materiais e medicamentos pelo menor preço. São 15 mil pedidos realizados por ano.

Para isso, existe todo um processo que vai desde o recebimento das solicitações, a realização de orçamentos, negociação com fornecedores, emissão de pedidos, além de garantir o processo logístico, primando sempre pela qualidade dos produtos, acompanhamento de prazos de entrega, avaliação de fornecedores, de acordo com as necessidades das filiadas.

- Advertisement -

O gerente comercial da unidade, Rodrigo Santos, explicou que um dos principais cuidados é com a prestação dos resultados. “Em 2021 a economia gerada para as filiadas foi de R$10 milhões, de um total de R$148 milhões em compras.”

Durante o roteiro, o grupo conheceu ainda o Centro de Distribuição, que também funciona no mesmo local, possui um estoque de mais de 2000 itens. O presidente da CIC VT, entidade gestora do APL AB VT, Ivandro Carlos Rosa, afirmou que ficou impressionado com a organização da central de compras e a forma como interagem com os associados, buscando criar soluções para atender as demandas e baratear custos. “ Pudemos perceber que é viável começar uma central de compras, tem muitos benefícios, mas é uma construção que demanda tempo. Essa experiência é válida para copiarmos no arranjo o modelo assertivo, para não replicar processos que não deram certo.”

Para a coordenadora do Arranjo, Aline Eggers Bagatini, o centro de compras passou por diversos estágios até chegar a este nível de maturidade. “ Para nós o próximo passo agora é visitar um centro de compras implantado mais recentemente, para que possamos conhecer quais foram os principais desafios nesta etapa de implantação. ”

A vice-coordenadora do APL, Leonita Bouffet ressaltou que o APL vai atrás de opções de software de gestão de compras para viabilizar o sistema, uma estratégia para combater o aumento no preço dos insumos. “ Nós estamos num trabalho embrionário, buscando opções que possam melhorar nossas empresas regionais, na questão de compras. Uma delas que estamos avaliando são as compras compartilhadas. Nós temos outra opção que são as startups com facilidade de sistemas”. O roteiro que terminou com uma visita técnica no South Summit Brasil foi disponibilizado pelo Sebrae VTRP.

Deixe uma resposta

Digite seu comentário
Por favor, informe seu nome

SIGA-NOS

42,064FãsCurtir
11,807SeguidoresSeguir
1,140InscritosInscrever

ÚLTIMAS

error: Alerta: Conteúdo protegido contra cópia. Utilize nossos botões de compartilhar.