Após audiência, Hospital Santa Terezinha ganha nova chance

0
281
Audiência teve resultado positivo

O Hospital Santa Terezinha não se tornará Pronto Atendimento de Urgência (Padu). Assim afirma o presidente da casa hospitalar, Tiago Zanotelli.

Ele e outras lideranças participaram de uma audiência na quinta-feira, 6, em Porto Alegre, na Secretaria Estadual de Saúde. Acompanharam o encontro o prefeito, José Flávio Godoy da Rosa, o vice-prefeito e secretário de saúde, Antônio Portela de Castro, e o assessor jurídico do hospital, Alexandre Chitolina.

A audiência foi mediada pelo desembargador, Armínio José Lima da Rosa, e teve como objetivo buscar alternativas para o impasse que envolve a casa de saúde que nos últimos meses passou por diversas situações, sendo a mais preocupante: o risco de fechar.

“A ideia da secretaria estadual é transformar os Hospitais de Pequeno Porte (HPPs), como o nosso, em pronto atendimentos de urgência”, explica Zanotelli.

Durante a audiência, o prefeito relatou o impacto econômico e social que o município sofre com esta transformação.

Zanotelli garante que a casa continuará aberta. “Ganhamos uma nova chance. Assinamos um termo de compromisso para fazer as melhorias, e o hospital continuará aberto”, afirma.

As mudanças esperadas são a sala de raios-X, ultrassom, autoclave, equipamentos no bloco cirúrgico e custeio de manutenção do hospital.

O prazo estipulado pelo governo para a aplicação das mudanças é até agosto de 2019.

Deixe seu comentário