Cadeia leiteira será tema de reunião nesta quinta-feira

204

Além de produtores de Arvorezinha, Itapuca e Ilópolis também participarão do evento organizado pelo Senar e Sindicato Rural

A partir de fevereiro de 2020, o Senar implementará no estado do Rio Grande do Sul atendimentos às propriedades rurais, por meio da Assistência Técnica e Gerencial (ATeG). O projeto visa a consultoria gerencial associada à adequação tecnológica das propriedades, que auxiliem o produtor rural a obter melhores resultados técnicos e econômicos na sua atividade produtiva, priorizando a gestão da atividade de forma eficiente.

Inicialmente o projeto contempla 5 mil propriedades rurais das seguintes cadeias produtivas: agricultura, bovinocultura de corte, bovinocultura de leite e ovinocultura. As atividades da ATeG serão executadas nos municípios abrangidos pelas 165 unidades de atendimento do Senar, sendo 138 Sindicatos Rurais e 27 Sindicatos dos Trabalhadores Rurais. Para isso, cada sindicato deverá selecionar até o dia 30 de agosto uma das cadeias produtivas contempladas no projeto para a formação de somente uma turma, composta por 30 produtores rurais. Deverá também ser indicado o município ou municípios nos casos de extensões de base, onde estará localizado o grupo de produtores.

Reunião terá presença de 31 produtores

Em Arvorezinha, a cadeia produtiva selecionada pelo Sindicato Rural foi a bovinocultura de leite. Desta forma, nesta quinta-feira, 23, ocorre no Restaurante Irmãos Bombonatto, a partir das 20h, uma reunião sobre a bacia leiteira ministrada pelo representante do Senar, Herton Lima. Estão confirmados 18 participantes de Arvorezinha, dez de Itapuca e três de Ilópolis. Na próxima etapa, posterior ao encontro, a turma será acompanhada por um técnico de campo, com visitas mensais individualizadas durante o período de 24 meses, disseminando conhecimento e implantando melhorias conforme as necessidades de cada propriedade.

 

 

 

Deixe uma resposta

Digite seu comentário
Por favor, informe seu nome