InícioMunicípiosAnta GordaFesta da Colheita da Erva-Mate evidenciará todo o setor ervateiro

Festa da Colheita da Erva-Mate evidenciará todo o setor ervateiro

O Polo Ervateiro do Alto do Vale do Taquari sedia na segunda-feira, 24 maio a 1ª Festa da Colheita da Erva-Mate, realizada pela Secretaria Estadual da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural do Estado do Rio Grande do Sul, Instituto Brasileiro da Erva-Mate (Ibramate). A primeira edição do evento será realizada em uma propriedade na comunidade de Linha Santo Antão, Ilópolis.

A região Alta do Vale do Taquari é a principal produtora de erva-mate do Estado do Rio Grande do Sul, e é dos melhores ervais da região que é produzida a Erva-Mate Natufolha que tem sua matriz produtiva em Arvorezinha onde são produzidas quatro variedades de erva-mate e duas de tereré, sendo possível superar as expectativas dos paladares mais exigentes.

A colheita é um dos melhores momentos

A tradição de semear, plantar, cultivar e colher erva-mate está enraizada na família Bernardon que com comprometimento é um fornecedor de erva-mate da Natufolha.

Já são mais de três anos que o patriarca Luiz Carlos Bernandon, que tem sua propriedade na Linha Tunas, Anta Gorda, mantém aliança com a Natufolha, que recebe boa parte de sua produção. “Nossa família produz erva-mate para a Natufolha desde que ela abriu suas portas e estamos muito contentes com esse elo”, ressalta. “Vejo que o produtor tem que ser parceiro da indústria, porque um necessita do outro”, acrescentou.

A experiência de Bernardon no setor ervateiro é longa, de mais de 40 anos. “Trabalho com erva-mate desde os 12 anos de idade. Iniciei como tarefeiro, após, por 30 anos, fui viveirista e enfim iniciamos o plantio. Hoje, 90% da renda da nossa família vem da erva-mate. Tenho cerca de 120 mil pés e toda a família auxilia, sendo que às vezes é preciso terceirizar, em razão da elevada quantidade de matéria-prima”, frisou.

Segundo o produtor, a pretensão é ampliar ainda mais o plantio. “Estamos comprando mais terras para ampliar a produtividade. Realizamos a colheita de segunda a quinta-feira durante o ano todo, nós gostamos e estamos cada vez mais preocupados em produzir qualidade, porque o mercado competitivo exige isso. Se sair um produto ruim da lavoura, a indústria não consegue produzir com qualidade”, encerra ele.

A colheita da erva-mate atualmente é realizada durante todo ano, mas o inverno é o melhor momento para a colheita, é o período em que a planta apresenta a mais alta qualidade, é a safra, o período em que a planta não brota e apresenta um alto teor nutricional.

 

 

Deixe uma resposta

Digite seu comentário
Por favor, informe seu nome

SIGA-NOS

42,064FãsCurtir
11,807SeguidoresSeguir
1,140InscritosInscrever

ÚLTIMAS

error: Alerta: Conteúdo protegido contra cópia. Utilize nossos botões de compartilhar.