Morre o poeta e pajador Ruben Alves Vieira

293

Um infarto fulminante matou, na madrugada desta terça-feira, 28 de agosto, o poeta e pajador Ruben Alves Vieira (54 anos). O meio tradicionalista e artístico está consternado com a forma súbita que perdeu um de seus expoentes. Natural de Arvorezinha, ele trabalhou na Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos, ocupou vários cargos no MTG, entre eles o de presidente dos Festejos dos 47 anos do MTG e 23º Tchê Encontro Estadual. Era avaliador de concursos culturais, autor de peças de artes cênicas, como Semana Santa no Morro de Arvorezinha e Natal Gaúcho. É autor de 15 livros, entre os quais: “Poesia Xucra”, “Versos de um Payador” e “Charlas da Vida”.

Em ato realizado no Teatro do Sesc, dia 25 de julho, em Lajeado, foi empossado na cadeira 29 da Academia Literária do Vale do Taquari. Em um de seus mais recentes trabalhos, participou da organização do concurso gastronômico da 1ª Festa do Jaracatiá, que integra a programação da 9ª Femate.

O velório ocorre na Capela Mortuária de Arvorezinha e o sepultamento será às 17h desta terça-feira.

Deixe uma resposta

Digite seu comentário
Por favor, informe seu nome