InícioMunicípiosArvorezinhaVendedor se refugia na sede da Brigada Militar após perseguir mulher comprometida

Vendedor se refugia na sede da Brigada Militar após perseguir mulher comprometida

A segunda-feira, 7 de março, começou movimentada em Arvorezinha. Um vídeo que circula em grupos de WhatsApp registra o momento em que um indivíduo invade a área externa da Brigada Militar (cercada por grades) que no momento estava com a sede fechada, para buscar se refugiar.

O capitão da Brigada Militar, Jorge Luís Engster, explica o acontecido. “O que houve foi que um rapaz, que é um vendedor de fora da cidade, acabou se passando com uma mulher comprometida, tendo o marido tomado partido. Tivemos informações que ele teria perseguido a mulher, mas o registro na Delegacia de Polícia Civil, foi feito como fato atípico”, relata.

Sobre o fato de a sede da Brigada Militar estar fechada, ele ressalta: “Nos dias úteis sempre há atendimento no quartel durante o dia, das 12h30min às 18h30min, e eventualmente, na parte da manhã. As pessoas têm que entender que a Brigada Militar precisa estar nas ruas e não no quartel, embora também estejamos presentes nele em horários definidos, ou quando há necessidade”, frisa. Conforme ele, no momento do fato em que se envolveu o vendedor, a guarnição estava na rua, no município vizinho. “Um policial que mora nos fundos da sede da Brigada Militar auxiliou até que a guarnição viesse atender”, explica.

- Advertisement -

Engster enfatiza que nos municípios de Ilópolis, Putinga, Arvorezinha, Anta Gorda e Doutor Ricardo sempre há policiamento 24 horas por dia nas ruas, para atender as ocorrências. “Por isso, dificilmente as pessoas vão conseguir encontrar os brigadianos no quartel. É importante destacar ainda que, todos os municípios do Rio Grande do Sul têm no mínimo cinco policiais. Isso é uma política da Secretaria de Segurança Pública do Estado”, ressalta.

Contato

Ele ainda coloca à disposição da comunidade os contatos da Brigada Militar na região, para o caso de emergências ou denúncias. “Às vezes há uma dificuldade um pouco maior de as pessoas conseguirem ligação pela questão do alcance de sinal, mas se persistirem logo é possível que atendamos as suas demandas. Esses telefones sempre estão com uma guarnição de serviço que está no policiamento na rua”, salienta.

São eles: Brigada Militar de Arvorezinha (51) 99860.3199; Brigada Militar de Anta Gorda (51) 99757.3799; Brigada Militar de Ilópolis (51) 99651.4286; Brigada Militar de Putinga (51) 99551.5430 (Vivo) ou (51) 99288.2222(Claro); e Brigada Militar de Doutor Ricardo (51) 99878.7333.

Veja o vídeo: 

 

Deixe uma resposta

Digite seu comentário
Por favor, informe seu nome

SIGA-NOS

42,064FãsCurtir
11,807SeguidoresSeguir
1,140InscritosInscrever

ÚLTIMAS

error: Alerta: Conteúdo protegido contra cópia. Utilize nossos botões de compartilhar.