Essa matéria é exclusiva para assinantes do jornal digital.

Já sou assinante do jornal digital!

InícioMunicípiosCamargoA alegria e disposição da turma da terceira idade

A alegria e disposição da turma da terceira idade

 

Grupo camarguense se reúne às terças-feiras para momentos de descontração e dança

Por Manoela Alves

- Advertisement -

O grupo da 3ª Idade Santo Antônio, do município de Camargo, está retomando as atividades presenciais, após quase dois anos afastados devido à pandemia. A presidente da entidade, Neiva Zanardi, fala com alegria e carinho deste retorno.

“Fez muita falta para o grupo ter esses momentos juntos, antes nós tínhamos mais de 80 associados, agora esse número caiu quase na metade. Eu já fazia parte da diretoria, então sempre estive envolvida, assumi a presidência há dois anos e agora estou trabalhando para integrar o nosso grupo novamente”, explica.

O retorno das atividades do grupo já estava marcado para o mês de fevereiro, mas devido a um novo surto de Coronavírus, foi decidido aguardar mais um pouco, sendo que o retorno ocorreu no início de março. “Nós iniciamos as atividades com a ginástica, mantendo o distanciamento e o uso de máscara. Depois das liberações do Estado e do Município foi que deixamos a máscara como opcional”, explica.

O grupo se reúne e, além da ginástica e alongamentos, é comemorado o aniversário dos participantes do trimestre, além de um grupo de gaiteiros já ter feito uma apresentação para eles. “Nós somos animados, queremos dançar e nos divertir. Semana passada fizemos uma viagem ao município de Marcelino Ramos, com duração de três dias. É uma ótima forma de passar o tempo com os amigos”, continua Neiva.

A pandemia e a autoestima da 3ª idade

Neiva comenta que a pandemia afetou muito a autoestima dos participantes do grupo, pois a terceira idade era um grupo de risco e foram os primeiros a se afastarem de tudo.

“Quando o isolamento chegou os idosos ficaram muito restritos no contato, e o que percebemos hoje é que a pandemia deixou as pessoas mais velhas, com a autoestima baixa e com medo. Por isso resgatar essa alegria, as festas e os bailes é tão importante”, declara.

 

Novos associados são bem-vindos

Neiva explica que neste momento estão recebendo novos associados ao grupo, pessoas que tenham vontade de participar. “Ainda não posso confirmar quantas pessoas novas estão chegando, mas o número está crescendo. É isso que nós queremos, bastante gente para dançar”, brinca a presidente.

As reuniões do grupo ocorrem no complexo ao lado do Parque de Rodeios, às terças-feiras, a partir das 13h30min, e vai até às 16h. “Estão indo cerca de 40 pessoas por tarde, dai nós fazemos a ginástica, fazemos um lanche, interagimos entre nós e dançamos. É muito bom esta convivência”, continua.

“Nós queremos organizar passeios mais curtos, de apenas um dia de duração, para que mais integrantes possam participar. Também ir aos bailes nas cidades vizinhas é uma das maiores diversões. A terceira idade tem poucas atividades voltadas para eles, então nós buscamos agitar e interagir. É apenas dança, música e amizades, as pessoas precisam deixar o preconceito de lado, e que os mais jovens incentivem os pais e avós a participarem. Não apenas pela dança, mas sim pelas amizades e vínculos que são criados”, finaliza.

Deixe uma resposta

Digite seu comentário
Por favor, informe seu nome

SIGA-NOS

42,064FãsCurtir
11,807SeguidoresSeguir
1,140InscritosInscrever

ÚLTIMAS

error: Alerta: Conteúdo protegido contra cópia. Utilize nossos botões de compartilhar.