Essa matéria é exclusiva para assinantes do jornal digital.

Já sou assinante do jornal digital!

InícioDestaqueAudiência pública discute urbanização da Linha Gramadinho

Audiência pública discute urbanização da Linha Gramadinho

- Advertisement -

População cria uma comissão para analisar a lei que determina a urbanização

A comunidade da Linha Gramadinho passará por um processo de urbanização, e para apresentar o projeto à população e ouvir as suas sugestões, a Administração Municipal realizou uma audiência pública na quinta-feira, 14 de outubro, no salão paroquial da comunidade.

Na oportunidade, os engenheiros do município, a secretária de Planejamento Marina Bonfanti, e o prefeito Edmar Pedro Rovadoschi, apresentaram o projeto e os motivos pelos quais a comunidade será urbanizada.

Prefeito fala aos presentes

De acordo com Rovadoschi, ainda no seu primeiro mandato a comunidade o procurou para que realizasse a urbanização, mas na época não foi possível e por isso agora o projeto está sendo executado. “Estamos aqui para ouvir vocês e apresentar o plano de urbanização, plano esse que foi solicitado pela própria população. Essa urbanização vai beneficiar a todos. Essa é uma comunidade que está sendo muito procurada por empresas que querem se instalar, então ter tudo regularizado é importante, e ainda valoriza ainda mais os lotes”.

Ele continua: “Esse projeto vem em benefício da comunidade, e não para prejudicar ninguém. Nós já recolhemos o lixo, fizemos pavimentação e pretendemos fazer mais. Para quem continuar com a atividade agrícola, em suas terras não terá cobrança de IPTU, só irá pagar quem decidir transformar em lotes para a venda”.

A secretária Marina afirmou que essa foi a primeira audiência e que será feita outra pela Câmara de Vereadores, e pede a participação da comunidade. “Esse é um projeto que vai acontecer, então a participação da comunidade nas audiências públicas é importante, pois esse é o momento de tirar dúvidas e apresentar sugestões. Claro que nós na Secretaria estamos à disposição de todos para esclarecer e explicar o projeto, que após a segunda audiência pública vai à votação e pode virar lei”.

Comissão da comunidade

Morador propõe a criação de uma comissão para analisar o projeto

O presidente da Associação de Água e do Clube de Gramadinho, Elimar Rex, se mostrou favorável à urbanização, porém questionou alguns pontos e por isso sugeriu a criação de uma comissão para estudar melhor o projeto. “Essa urbanização é importante para a comunidade, nós estamos crescendo e precisamos crescer de forma ordenada, como o prefeito falou é um pedido nosso ainda do primeiro mandato. Mas, ao meu ver alguns pontos precisam ser melhor discutidos. Eu vejo que a largura das ruas definidas no projeto é inviável, pois é diferente do que temos hoje, também acredito que o tamanho das edificações deve ser revisto, pois se ficar apenas dois pisos aí na frente poderemos ter problemas se alguém quiser investir em um prédio residencial. Mas essas são questões que vamos discutir com a comissão e com a Administração Municipal”.

O vereador Valdir Domingos Boncoski também falou sobre a urbanização. “Vejo que 80% da população está a favor da urbanização, eles entenderam que será benéfico para a comunidade. E agora os pontos de discordância serão discutidos entre a comissão e a Administração”.

Veja como ficou composta a Comissão:

  • Elimar Rex
  • Flavio Negri
  • Alvaro Fachi
  • Valdir Domingos Boncoski
  • Antonio Dalazen

Deixe uma resposta

Digite seu comentário
Por favor, informe seu nome

SIGA-NOS

42,064FãsCurtir
11,807SeguidoresSeguir
1,140InscritosInscrever

ÚLTIMAS

error: Alerta: Conteúdo protegido contra cópia. Utilize nossos botões de compartilhar.