Essa matéria é exclusiva para assinantes do jornal digital.

Já sou assinante do jornal digital!

InícioMunicípiosCamargoEmater, Administração e comunidade começam a se preparar para Mostra Municipal de...

Emater, Administração e comunidade começam a se preparar para Mostra Municipal de Vinho

Diferente de outros anos, festa será realizada no Salão Paroquial

Por Manoela Alves

Após dois anos sem realizar celebrações presenciais, o município de Camargo se prepara para a Mostra Municipal de Vinhos. Uma festa que reúne produtores de vinho locais para uma noite de degustação e celebração.

- Advertisement -

Diferente dos anos anteriores, a festividade não ocorrerá na comunidade do Arranca Toco, mas sim no Salão Paroquial, por ser um local com maior espaço, podendo receber mais pessoas nesta noite.

Data da festa

A mostra, que está sendo organizado pela Emater, Administração Municipal e por representantes da comunidade, ocorre dia 16 de julho, às 19h30min. Os ingressos para adultos custam R$60, ganhando uma taça comemorativa, e infantil, de seis a dez anos, R$25, sem direito a taça. Menores de seis anos não pagam.

No cardápio será servido galeto, carne suína, massa, molhos maionese, linguiça, saladas diversas, pão e sobremesa.

Os ingressos são limitados e a procura é grande, por isso é importante reservar lugares com antecedência. A aquisição pode ser feita diretamente com os festeiros responsáveis, na Emater ou na prefeitura municipal.

Para os produtores camarguenses que fazem vinho e tem  interesse de participar da festa, basta procurar a Emater para se inscrever, até dia 20 de junho.

Uma celebração entre amigos

Armelindo Trentin, morador da comunidade do Arranca Toco, e que já foi diversas vezes premiado na competição, inclusive é o último campeão na categoria vinhos brancos, conta que tudo iniciou apenas como uma confraternização entre amigos.

“Nós reuníamos algumas pessoas que faziam vinho e cada um trazia uma garrafa para compartilhar. Era feito uma janta, mas apenas entre amigos e conhecidos, com o passar dos anos foi crescendo cada vez mais e hoje é este festival tão bonito”, explica.

Trentin já teve seus vinhos coloniais premiados no festival regional, e reúne os campeões de cada município. “O vinho colonial é uma arte familiar, aquilo que aprendemos com nossos pais e avós e ensinamos aos filhos e netos. O festival é uma forma de manter essa tradição e de confraternizar”, finaliza.

Deixe uma resposta

Digite seu comentário
Por favor, informe seu nome

SIGA-NOS

42,064FãsCurtir
11,807SeguidoresSeguir
1,140InscritosInscrever

ÚLTIMAS

error: Alerta: Conteúdo protegido contra cópia. Utilize nossos botões de compartilhar.