Essa matéria é exclusiva para assinantes do jornal digital.

Já sou assinante do jornal digital!

InícioMunicípiosAnta GordaMoradores da Linha Viena convivem com frequentes alagamentos por falta de galeria...

Moradores da Linha Viena convivem com frequentes alagamentos por falta de galeria em rio

Moradores da Linha Viena convivem com frequentes alagamentos por falta de galeria em rio

Por Rosemary Piccinini

Já são 08 anos que os moradores da Linha Viena, interior de Anta Gorda, convivem com alagamentos frequentes a cada vez que chove, em razão da falta de uma galeria no rio local.
“Quando chove a água do rio vem por cima. Isso começou a acontecer há cerca de oito anos, quando aumentou o volume da água do rio, não sei por qual motivo. Mas toda vez que chove forte, além da água, vem a sujeira”, conta o morador José Bottoni.

- Advertisement -

De acordo com ele, desde que os alagamentos começaram a acontecer, a comunidade pede uma galeria de dez metros para resolver o problema. “A abertura é muito pequena para a vazão de água que tem hoje. Falaram de colocar tubos de dois metros, mas isso não resolve. O prefeito disse que irá fazer a galeria, mas não sei quando. Deveria ter feito antes de o verão acabar, pois no inverno não vai dar. Agora teremos que esperar o verão chegar novamente”, destaca.

Bottoni ressalta ainda que com essa obra toda a comunidade será favorecida. “Até porque aquele trecho está sempre esburacado. Por mais que arrumem, quando dá uma chuvarada sempre leva embora a brita e os buracos aparecem. Está sempre feia a estrada. Esses dias abriram umas valetas para colocar tubos e no que terminaram de noite veio a chuva e levou embora tudo”, conta.
Ele segue: “Enfim, nossa comunidade espera por uma solução, porque esse problema vai sendo empurrado de um ano para o outro e os moradores não podem investir nada nesse trecho, porque a água leva embora”, lamenta. “Ainda, ouvimos conversas de que estão querendo reformar a Casa Martelli, e a hora que isso acontecer, milhares de turistas devem passar por esse trecho”, acrescenta.

Por aquele local também transita, além dos moradores, o transporte escolar, e é uma importante via para o escoamento da produção. “Tem 60% da comunidade da Linha Viena que passa por aqui. É uma estrada que liga à Cordilheira e ao asfalto”, enfatiza Bottoni.
A família Di Domênico, há cerca de dez anos, pagou do próprio bolso um trecho de pavimentação em frente à propriedade, por onde todos transitam. “O que eles fizeram favoreceu toda a comunidade praticamente”, elogia Bottoni.
Na última sessão ordinária do Poder Legislativo de Anta Gorda, o vereador Paulo Bettoni apresentou o Pedido de Providência 001/2022, que tinha como conteúdo: “Solicito ao Poder Executivo Municipal para que providencie um pontilhão no acesso à Linha Viena, nas propriedades de Ari e Nilo Di Domenico, pois, quando chove um elevado volume, o acesso fica interrompido. Sendo assim, é necessário que se providencie o serviço o mais breve o possível. Importante salientar que os moradores daquela localidade realizaram com recursos próprios o calçamento da estrada, sendo justo que o Poder Executivo efetue a reforma do pontilhão”.

Na tribuna, ele se manifestou: “Tem que quase parar o carro para conseguir passar por aquele trecho. Dois moradores colocaram tubos e a chuva levou embora, sem contar que a cada pouco eles têm que arrumar a estrada. Os últimos dois prefeitos prometeram que iriam construir esse pontilhão/galeria, mas até agora está só na promessa. Que a Administração Municipal se sensibilize, é a entrada de uma comunidade. O prefeito já foi lá visitar, tem o orçamento, e que providencie o quanto antes esse pontilhão/galeria”, citou.

Contraponto
Em contato com a secretária de Administração de Anta Gorda, Suami Schenatto, esta preferiu não se manifestar neste momento.

Deixe uma resposta

Digite seu comentário
Por favor, informe seu nome

SIGA-NOS

42,064FãsCurtir
11,807SeguidoresSeguir
1,140InscritosInscrever

ÚLTIMAS

error: Alerta: Conteúdo protegido contra cópia. Utilize nossos botões de compartilhar.