O par perfeito

400

Ele é lajeadense, médico, tem 30 anos e reside atualmente em Curitiba. Ela é advogada, arvorezinhense e tem 29 anos.
Há cerca de uma década o casal Angélica Sabadin e Pedro Henrique Lopes sentiram pela primeira vez um sentimento que deve perdurar pela eternidade. “Nos conhecemos há 10 anos. A Angélica me chamou a atenção numa festa em Lajeado, minha cidade natal, onde conversamos pela primeira vez. Me apaixonei pela beleza, simplicidade e sinceridade dela. O primeiro beijo, entretanto, foi acontecer meses mais tarde”, revela Lopes.
Ele declara ter sido amor à primeira vista. Já ela, foi um pouco mais resistente. “Por ser um pouco mais ‘dura’ se tratando de relacionamento, resisti um pouco no início por não querer me envolver em um relacionamento sério. Porém, conhecendo o Pedro melhor e, convivendo com ele diariamente, seria estranho se não me apaixonasse. Acredito que o sentimento surgiu pela forma gentil e amorosa dele, além de sua inteligência e caráter me encantam todos os dias”, ressalta Angélica.
O casal que tem gosto eclético para músicas e tem como hobbie passear e viajar, noivou após sete anos de namoro. Já o pedido ‘surpresa’ de casamento ocorreu em agosto do ano passado, em meio à muita emoção. “O noivado aconteceu após sete anos de namoro. Já havíamos conversado sobre isso, porém ainda não era o momento ideal, pelo fato de eu ainda estar acabando minha especialização. O pedido de casamento foi em agosto do ano passado quando convidei meus pais, minha avó e a cuidadora dela para almoçarmos em um restaurante de Lajeado. Ninguém sabia que naquele dia eu pediria a Angélica em noivado. Foi um momento inesquecível e emocionante”, recorda Lopes.
Conforme o casal, os preparativos para o grande dia seguem super organizados. “Em novembro diremos sim um ao outro. Essa data significa a concretização de um sonho para nós e nossas famílias. Esperamos que seja uma noite especial, cheia de momentos lindos, inesquecíveis e cheios de alegria para nós, nossos familiares e nossos convidados”, salientam. A cerimônia que selará a união do casal, acontecerá na igreja matriz de Lajeado e a festa no Clube Tiro e Caça.
E sobre seus planos, o casal relata como imagina estar daqui há 20 anos. “Estaremos com uma família formada, trabalhando e aproveitando a vida da maneira que deve ser, rodeados de amigos e em harmonia, afinal, esse é o nosso grande sonho”, revelam.
Questionados sobre se pretendem ter filhos, Lopes declara que pretende ter de três a quatro filhos. Já Angélica, demonstra ser um pouco mais “moderada”. “O Pedro quer ter vários, mas para mim entre dois ou três filhos já está mais do que bom. Sou apaixonada por gêmeos, uma pena que deve ser bem trabalhoso para criar”, aposta.
Considerado um casal inspiração para muitos, Angélica e Lopes irão vivenciar pelo nono ano consecutivo a data mais romântica do ano, o Dia dos Namorados que será celebrado na próxima terça-feira, dia 12. “Sempre houve muito respeito e admiração de ambas as partes e a dedicação para estarmos sempre juntos, apesar da distância e do tempo despendido durante a formação profissional”, acentuam ao falar sobre o significado do Dia dos Namorados. “Para mim, o Dia dos Namorados significa comemorar os 364 dias desde o último Dia dos Namorados que pude estar ao lado da pessoa que mais amo”, ressalta Lopes. “É o dia de valorizar ainda mais a pessoa que amo e escolhi para ter por perto. É uma data linda, cheia de amor e surpresa”, conclui Angélica.

Deixe uma resposta

Digite seu comentário
Por favor, informe seu nome