Associação Hospitalar Padre Catelli divulga nota de esclarecimento e convite para coletiva de imprensa

859

A Associação Hospitalar Padre Catelli de Anta Gorda, divulgou nesta segunda-feira, 2, um convite para uma coletiva de imprensa e uma nota de esclarecimento onde consta o seguinte texto:

“O desafio de manter as portas do Hospital Padre Catelli abertas não foi abandonado pela Associação Hospitalar Padre Catelli de Anta Gorda. Após vários contratempos e com o término do contrato entre a Administração Municipal e a Associação Beneficente Silvio Scoppel, a diretoria da entidade resolveu abraçar o desafio maior de ser a legítima administradora da casa de saúde. A decisão significa muito mais do que administrar recursos e uma equipe; oferecer amparo à comunidade com dignidade em momentos de dor é a essência da causa.

O fato já havia sido discutido e aprovado por todos os associados presentes na assembleia geral da entidade, ocorrida no dia 26 de março, mas tinha ficado de molho devido a empecilhos burocráticos como maiores restrições para conseguir o certificado de filantropia, entre outros. Desde então, empresas já consolidadas na área da saúde foram procuradas mas, ou não demonstraram interesse, ou apresentaram valores absurdos para a realidade local. Diversas propostas foram discutidas e algumas até seguiram um pouco mais a diante, mas novos contratos do gênero, no cenário atual, ainda deixariam lacunas. A associação à frente do hospital não significa que vai ser tudo ouro que brilha, que todos os problemas acabaram; pelo contrário, os obstáculos estão apenas começando, mas as conquistas que virão serão de todos e para todos.

Quando as famílias necessitam de socorro em situações inesperadas ou apenas de um acolhimento em momentos difíceis, buscam um local próximo e conhecido, que apresente pronto atendimento, respeito e credibilidade. É isso que a entidade se propõe a resgatar; a referência em atendimento hospitalar e humanitário do Hospital Padre Catelli, que se perdeu com o passar do tempo, é a principal missão do grupo. Toda a equipe de funcionários e voluntários envolvidos é instigada a olhar para a instituição como um projeto democrático que traz benefícios comuns. Esse foi o propósito inicial de quando os antigos moradores de Anta Gorda uniram forças para construir o prédio e clamaram pela vinda das irmãs missionárias. Hoje, elas repassaram a missão para a comunidade e será somente com a colaboração de todos que o objetivo será alcançado.

Após a decisão ter sido tomada, o apoio de muitos cidadãos já foi registrado e é o que motiva a associação a não desistir. Pedindo aos demais que se inteirem sobre o assunto e abracem a causa também, o grupo se põe à disposição e está aberto para o diálogo e a todo e qualquer tipo de auxílio. Agora, mais do que nunca, é importante que a comunidade vista a camisa, pois o Hospital Padre Catelli, de forma nativa e absoluta, é do povo. Para que realmente funcione a comunidade deve fazer uso de seus serviços, precisa também acreditar na causa, porque em nada adiantará as portas abertas se os pacientes procurarem outros lugares.

Ressalta-se ainda a importância da parceria firmada com a Administração Municipal pois, afinal, é ela quem está pagando a conta. Através de um convênio a ser firmado nos próximos dias, os cerca de 97 mil reais mensais que hoje são repassados para a empresa Silvio Scoppel passarão para a AHPC e deverão ser o alicerce dos trabalhos da associação. Para a assinatura do convênio será preciso a aprovação da Câmara de Vereadores. Acreditando na sensatez dos edis e, não podendo deixar o hospital fechar, à meia-noite do domingo, dia 31, a associação assumiu a gestão.

Mais detalhes sobre o plano de trabalho e a demais pretensões da diretoria serão expostas à comunidade através de uma coletiva de imprensa com os meios de comunicação parceiros da região que também entendem a importância da causa. O ato está marcado para as 16h de amanhã, terça-feira, 3, nas dependências do hospital. Por meio dessa nota, a associação convida os repórteres que atuam na região para participarem e, desde já, agradece a colaboração de todos.”

Assinam os diretores Sandra Bresciani, Eraldo José Leão Marques, Jairo Luis Casagranda, Rosandro Chiamulera, Rafael Pavan, Simone Ferrari Culau, Morgana Colombo, Ismael Moresco, Diego Bavaresco, Charles Moresco, Fabiano Bondan, Dirceu Henz, Ari Di Domenico e Adenilson Monteiro.

Foto: Eco Regional

Deixe uma resposta

Digite seu comentário
Por favor, informe seu nome