O projeto de lei 176 que autoriza o Poder Executivo a contratar Operação de Crédito com o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) com recursos próprios, para obras de infraestrutura urbana e rural causou gerou polêmica durante a sessão ordinária da Câmara de Vereadores de Arvorezinha nesta terça-feira, 06.

A proposta que ficou baixada para estudo, visa a pavimentação no trecho que vai da Ervateira Sanson até a Linha Sabadin e outro na Rua Afonso Auler. Moradores e ervateiros que estavam presentes na sessão mostraram-se indignados com a posição dos vereadores da oposição. “Isso é uma coisa necessária. Vocês acham que somos palhaços?”, questionou um dos presentes. Veja matéria completa na edição impressa.

 

 

Deixe seu comentário